Por que não era para Slash ter tocado no Oscar com Ryan Gosling

Guitarrista fez uma verdadeira maratona para estar presente no evento, o que só foi possível após "Hollywood mexer seus pauzinhos"

A performance de Slash e Wolfgang Van Halen ao lado do ator Ryan Gosling foi um dos pontos altos do Oscar. Os músicos tocaram “I’m Just Ken”, dramática e bem-humorada música da trilha sonora do filme “Barbie” — ambos, aliás, participam também da gravação original em estúdio.

Mas o guitarrista do Guns N’ Roses originalmente não iria aparecer. Foi preciso queHollywood mexesse os pauzinhos para concretizar a participação.

- Advertisement -

Durante entrevista à Classic Rock, Slash foi perguntado sobre o seu momento favorito da apresentação. Na resposta, ele contou o esforço que foi feito para que ele estivesse presente, durante alguns dias de descanso da turnê que o The Conspirators estava fazendo na Ásia.

“(Meu momento favorito foi) Ter terminado aquela música (risos). Eu cheguei no dia do evento. Tive dois dias de folga da turnê pela Ásia com o Conspirators, então voei da Coreia do Sul para Los Angeles e fui até o Kodak Theater. Fui colocado no meio dessa situação caótica que é o Oscar e fizemos um rápido ensaio com Ryan Gosling cantando e todos esses caras dançando, então fui para o backstage. Sentei na plateia com todos os outros atores para a cerimônia, então fui e toquei a música. Daí entrei em um carro, voltei para o aeroporto e voei para as Filipinas.”

O músico ainda foi perguntado sobre uma possível colaboração musical com Ryan Gosling. Ele negou, deixando claro que só gravou a música para o filme e fez a “maratona” da apresentação no Oscar.

Leia também:  Steve Hackett é hospitalizado antes de show, mas diz estar bem

“Não, não… Mark Ronson, que é um querido amigo meu, pediu para que eu gravasse a música, o que eu fiz. O filme saiu, foi um sucesso e a música realmente foi bem, então ele perguntou se eu faria a performance no Oscar – o que originalmente eu não faria, porque estava na p*rra da Ásia, mas Hollywood mexeu seus pauzinhos e me fez voar até lá para tocar essa música. Ryan foi realmente legal, eu não tinha ideia do que esperar. Nós andamos juntos no backstage e ele cantou pra caramba na música – eu tive que cumprimentá-lo, ele fez toda a produção acontecer. Mas não, não acho que vou gravar com ele.”

Slash no Oscar

A 96ª cerimônia do Oscar, maior premiação do cinema, aconteceu no último dia 10 de março. No fim do evento, o ator Ryan Gosling, intérprete do boneco Ken no filme “Barbie”, apresentou a música “I’m Just Ken” ao lado de Slash e Wolfgang Van Halen. 

Leia também:  Por que Toto lançou tantas músicas com nomes de mulheres, segundo Steve Lukather

Ambos os músicos participaram na gravação em estúdio da música, que disputava a categoria de Melhor Canção Original. Porém, Billie Eilish, com “What I Was Made For?”, da mesma produção, levou o prêmio para casa.

A performance durou pouco mais de três minutos e arrancou muitas risadas da plateia presente. O integrante do Guns N’ Roses ficou encarregado da guitarra solo, enquanto o filho de Eddie Van Halen e líder do Mammoth WVH, por sua vez, tocou guitarra base – ganhando destaque na transmissão somente no final.

Mark Ronson, um dos produtores e compositores de “I’m Just Ken”, também subiu ao palco, repleto de dançarinos. Assista abaixo.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasPor que não era para Slash ter tocado no Oscar com Ryan...
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades