40 são mortos e 100 ficam feridos em show de rock na Rússia

Atiradores invadiram o local do evento e abriram fogo contra a multidão que assistiria a banda Picnic

Pelo menos 40 pessoas foram mortas e mais de 100 ficaram feridas em um show da banda russa de art rock Picnic em Moscou. Segundo relatos, homens armados vestidos com uniformes de combate abriram fogo contra a multidão na Prefeitura de Crocus, com capacidade para 7,3 mil pessoas, antes de detonar explosivos e incendiar o prédio. O grupo ainda não havia subido ao palco.

No momento da publicação da matéria, pelo menos cinco homens armados ainda estavam barricados no edifício, enquanto imagens de vídeo de agências de notícias sugerem que o telhado desabou. Há pouco, conforme o G1, o Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pelo ataque.

- Advertisement -

A ação ocorre duas semanas depois de as embaixadas do Reino Unido e dos Estados Unidos emitirem avisos sobre planos extremistas para atingir grandes concentrações na cidade, incluindo concertos, e menos de uma semana depois das eleições presidenciais russas terem resultado em Vladimir Putin conquistando um quinto mandato presidencial.

Leia também:  Disney parece antecipar novo projeto sobre os Beatles

Autoridades locais qualificaram o ataque como “um ato de terrorismo” e abriram um processo criminal. A ministra das Relações Exteriores russa, Maria Zakharova, classificou o fato como um “crime monstruoso”, conclamando a comunidade internacional a condenar a ação.

Ex-presidente cobra resposta e cita Ucrânia

O ex-presidente russo Dmitry Medvedev emitiu uma declaração no serviço de mensagens instantâneas Telegram pedindo ação.

“Os terroristas entendem apenas o terror recíproco. Nenhum julgamento ou investigação ajudará se a força não for respondida com força e as mortes com punição total dos terroristas e a repressão das suas famílias. Esta é a nossa experiência mundana. Se for possível estabelecer que estes terroristas eram do regime de Kiev, é impossível lidar de outra forma com eles e com aqueles que foram inspirados pela sua ideologia. Todos devem ser encontrados e implacavelmente destruídos como terroristas. Incluindo os representantes oficiais do Estado que cometeu tal atrocidade.”

A menção à capital ucraniana se dá por conta dos conflitos que já se estendem por dois anos. No entanto, o porta-voz de segurança nacional da Casa Branca, John Kirby, contesta.

Leia também:  Temple of the Dog lançou único álbum há 33 anos; veja outros fatos da música em 16 de abril

Ele disse em coletiva, conforme repercussão do Louder:

“Não há nenhuma indicação neste momento de que a Ucrânia ou os ucranianos estivessem envolvidos no tiroteio. Estamos analisando isso, mas eu gostaria de desiludi-los a esta hora de qualquer conexão com a Ucrânia.”

Sobre a banda

O Picnic existe desde 1978. Sua música mistura rock progressivo com elementos culturais locais. Sua discografia inclui mais de 30 lançamentos. O álbum mais recente, “Veselyi i zloi”, saiu em 2022.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotícias40 são mortos e 100 ficam feridos em show de rock na...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades