O ano em que o rock and roll nasceu, segundo Keith Richards

Guitarrista dos Rolling Stones já estava presente no mundo antes de o gênero musical ser criado

Keith Richards é um dos músicos mais icônicos entre os representantes do que muitos consideram o espírito do rock and roll. Como sabemos, o guitarrista dos Rolling Stones nasceu antes de o gênero musical sedimentar suas raízes. Sendo assim, como testemunha ocular dos fatos, ele possui certa autoridade para determinar uma data como marco zero.

Em entrevista de 1987 à revista Rolling Stone, resgatada pelo Rock and Roll Garage, o músico elaborou uma teoria sobre o momento em que sentiu as coisas mudando. Já um degustador de música no período, ele mencionou suas atribuições de forma muito embasada.

- Advertisement -

Disse o homem responsável por alguns dos riffs mais icônicos da história:

“Quando eu tinha quinze anos, o rock and roll era uma coisa totalmente nova. Estávamos muito conscientes de que havíamos entrado em uma nova era. Totalmente. Foi quase como A.C. e D.C. 1956 foi o ano 1, sabe? O mundo era preto e branco e, de repente, tornou-se colorido. De repente, havia uma razão para estar por perto, além de saber que você teria que trabalhar e se arrastar para a escola todos os dias.”

O mundo sem rock and roll

Para dar maior validade, Keith contou como a vida parecia simplesmente outra coisa até então.

“De repente tudo ficou zoom – glorioso Technicolor. As crianças atuais nunca conheceram um mundo sem rock & roll. Eu conheci, sabe? Essa é a diferença. Quer dizer, foi uma explosão internacional, cara. Apenas alguns malditos discos de alguns caras de Memphis (referência a Elvis Presley), Macon (Little Richard) e lugares assim. Mas eles realmente tiveram um efeito. Foi absolutamente incrível.”

Como a entrevista foi feita no período derradeiro da Guerra Fria, Richards usou uma referência do momento para explicar a relevância do estilo ao mundo.

Leia também:  Guitarrista da Allman Brothers Band, Dickey Betts morre aos 80 anos

“Isso mudou o mundo. Reformulou a maneira como as pessoas pensam. Quer dizer, caramba, agora você tem shows de rock & roll em Moscou, entende o que quero dizer? Porque você não pode parar esse movimento. Você pode parar qualquer outra coisa. Pode até construir um muro para impedir as pessoas, mas eventualmente a música cruzará esse muro. Essa é a beleza da música – não há defesa contra ela.”

1956 na música

Entre os vários acontecimento históricos de 1956, podemos destacar o primeiro single de Elvis Presley a chegar ao número 1, “Heartbreak Hotel”. O feito foi alcançado em 27 de janeiro. No dia seguinte, o rei do rock realizou sua primeira aparição em um programa televisivo de exibição nacional, o The Dorsey Brothers Stage Show, da CBS.

Pouco tempos depois, o artista daria início à polêmica, porém inegavelmente bem-sucedida parceria com o empresário Colonel Tom Parker. Também faria seus primeiros filmes, o que o projetaria de forma ainda mais avassaladora na indústria.

Em março, Carl Perkins emplacou “Blue Suede Shoes”. Apesar de suas raízes no country, o cantor se tornou referência para vários nomes que viriam a escrever a história do rock and roll com a canção.

Leia também:  Gene Simmons fará 1º show pós-Kiss antes mesmo do Summer Breeze

Outros singles de sucesso de 56 foram “Hound Dog”, “Don’t Be Cruel” e “Love Me Tender” (Elvis Presley); “Roll Over Beethoven” (Chuck Berry); “Blueberry Hill” (Fats Domino); “Long Tall Sally” (Little Richard) e “I Walk the Line” (Johnny Cash).

Sobre Keith Richards

Nascido em Dartford, Kent, Inglaterra, se tornou um dos nomes mais icônicos da história do rock como guitarrista dos Rolling Stones, firmando parceria com o ao mesmo tempo amigo e desafeto Mick Jagger. Também possui carreira solo elogiada, acompanhado da banda The X-pensive Winos.

Participou de gravações com Aretha Franklin, Tom Waits, Hank Williams, Billy Preston, Peter Tosh, Ronnie Spector, Jerry Lee Lewis, B.B. King, Ziggy Marley e Buddy Guy, entre vários outros.

Ao vivo, se apresentou como baixista com o supergrupo The Dirty Mac, contando com John Lennon, Eric Clapton e Mitch Mitchell, durante o espetáculo “The Rolling Stones Rock and Roll Circus”, de 1969. Também subiu ao palco com Bob Dylan, Chuck Berry, Sheryl Crow, The Faces e Willie Nelson.

Ainda realizou algumas aparições em filmes e séries com destaque para o papel de Capitão Teague Sparrow em “Piratas do Caribe”.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesO ano em que o rock and roll nasceu, segundo Keith Richards
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades