O clipe do Bon Jovi que quase estragou a música de tão ruim, segundo Jon

Vocalista acredita que o vídeo em questão, lançado no início da carreira da banda, não tem qualquer ligação com a faixa

Para Jon Bon Jovi, há um certo clipe do Bon Jovi lançado no início da carreira que é constrangedor. Não só isso, como também, na opinião do vocalista, quase estragou a música de tão ruim. 

O cantor fez a revelação durante entrevista com a Ultimate Classic Rock. Na ocasião, assumiu não ter muito orgulho do vídeo feito para “Runaway”, single de estreia da banda, disponibilizado em 1984. 

- Advertisement -

Ele declarou:

“Não sou cineasta. Em alguns clipes realmente acertamos e em outros não. Deus sabe que o vídeo de ‘Runaway’ e outros do início eram simplesmente uma porcaria! O que sabíamos? Foi fruto da MTV. Estamos falando de 1983, todo mundo usava ombreiras e saía dançando.”

Dirigido por Mike Cuesta, o clipe usou como referência o livro distópico “Fahrenheit 451”. A obra, escrita por Ray Bradbury e publicada originalmente em 1953, aborda um governo totalitário, que proíbe qualquer tipo de leitura, com medo de que o povo fique instruído e se rebele. 

A história não tem qualquer ligação com a letra de “Runaway” — o que incomodou os membros do Bon Jovi, como explicou Jon:

Leia também:  O grande diferencial de Jon Lord nos teclados, segundo Lars Ulrich

“Algum diretor que não sei o nome foi colocado na função pela gravadora. Não contribuímos com a história do vídeo e pudemos ver só quando estava pronto. E todos nós pensamos: ‘meu Deus, isso não tem nada a ver com a música’. O clipe foi baseado no livro ‘Fahrenheit 451’ e o cara colocou a própria sobrinha nele. Isso quase matou a canção.”

Jon Bon Jovi e “Runaway”

Em outra ocasião, Jon Bon Jovi já havia manifestado seu descontentamento com o vídeo de “Runaway”. No ano passado, durante aparição no Andy Cohen Live, emitiu uma opinião semelhante:

“Quando penso em ‘Runaway’… fizemos um vídeo e queriam que eu atuasse. Espere um minuto, acabei de aprender a tocar guitarra e escrever uma música. Você quer que eu seja um cineasta? Que diabos eu sei? Depois vinha a estúpida gravadora com o estúpido diretor que dizia ‘Fahrenheit 451’, quando o segundo álbum se chamava ‘7800 Fahrenheit’ ou o que quer que seja e queria sua sobrinha estrelando o clipe. Jesus, Deus, que horror! Você quer me envergonhar? Amarre-me a uma cadeira e me faça assistir a vídeos dos dois primeiros discos.”

Mudança de estratégia

De acordo com o frontman, o grupo definiu uma fórmula posteriormente. Não por coincidência, a MTV teve grande participação no estouro a partir de “Slippery When Wet” (1986) e seus singles.

Leia também:  Por que o Engenheiros do Hawaii não voltará, segundo Humberto Gessinger

“Fomos espertos o suficiente para, a partir de então, usar os vídeos para promover o show. ‘You Give Love a Bad Name’, ‘Livin’ on a Prayer’ e ‘Wanted Dead or Alive’ mostravam nossas performances ao vivo. Foi quando percebemos que isso é tudo o que importa.”

Os três videoclipes que catapultaram o Bon Jovi à consagração foram dirigidos por Wayne Isham. Os dois primeiros eram centrados na ação do grupo em cima do palco, enquanto o terceiro também mostrava os músicos nos bastidores e em viagens durante a turnê.

té hoje, “Slippery When Wet” vendeu em torno de 28 milhões de cópias em todo o mundo. À época do lançamento, alcançou o número 1 nas paradas de 7 países.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesO clipe do Bon Jovi que quase estragou a música de tão...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades