O número impressionante de ingressos vendidos pelo AC/DC em um dia

Banda excursionará pela Europa entre maio e agosto; será a primeira turnê dos músicos desde 2016

O AC/DC entrará em turnê pela Europa no próximo mês de maio. Divulgando o álbum  Power Up (2020), a série de shows tem datas marcadas até agosto e contará com abertura do The Pretty Reckless. 

Será a primeira excursão do grupo desde 2016, quando ainda tinha Axl Rose no microfone principal, em substituição a Brian Johnson, com problemas de saúde. Diante de tantas expectativas, a banda vendeu uma quantidade impressionante de ingressos em apenas um único dia. 

- Advertisement -

Chris Dalston, chefe de turnês internacionais da Creative Artists Agency (CAA, responsável por representar o AC/DC globalmente, com exceção da Austrália), revelou que 1,5 milhão de entradas foram comercializadas só num período de 24h. Para a Pollstar (via Blabbermouth), o profissional explicou:

“Acreditávamos que seria uma das maiores turnês de todos os tempos, mas você nunca tem certeza até colocar os ingressos à venda. A noite anterior é como se fosse o Natal. Você não consegue dormir, está nervoso. Acordei umas três da manhã e a venda da Europa tinha aberto e já tínhamos esgotado alguns dos shows. Foram vendidos 1,5 milhão de ingressos em um único dia. É impressionante e te dá muita confiança porque eles conduzem os seus negócios de maneira muito particular. Eles não vendem ingressos VIP. Eles não fazem preços dinâmicos de ingressos. Eles nunca querem ouvir os fãs reclamando que os preços estão muito altos.”

Segundo o Guinness Book, até o momento, o recorde mundial para o mesmo período é de 1,6 milhão, batido por Robbie Williams em 2006. No entanto, a Ticketmaster afirma que, em 2022, a “The Eras Tour”, de Taylor Swift, vendeu mais de dois milhões de ingressos em único dia, superando então a marca.

Leia também:  Remake de “Corra que a Polícia Vem Aí!” terá Pamela Anderson e Liam Neeson

AC/DC em turnê novamente

No último dia 12 de fevereiro o AC/DC confirmou sua primeira turnê em 8 anos. A excursão divulga o álbum “Power Up”, disponibilizado em 2020. O trabalho chegou ao topo de 21 paradas internacionais, vendendo mais de um milhão e meio de unidades em todo o planeta.

Duas alterações foram promovidas em relação ao grupo que registrou o disco de 2020. O baterista Matt Laug (ex-Alanis Morissette), que já havia se apresentado no festival Power Trip, em outubro último, ocupa a vaga deixada por Phil Rudd. No baixo estará Chris Chaney (ex-Jane’s Addiction), substituindo Cliff Williams, aposentado das turnês.

Alemanha, Itália, Espanha, Holanda, Áustria, Suíça, Inglaterra, Eslováquia, Bélgica, França e Irlanda recebem o quinteto completo por Brian Johnson (voz), Angus Young (guitarra solo) e Stevie Young (guitarra rítmica).

Eis as datas já confirmadas:

  • 17 de maio – Gelsenkirchen, Alemanha, Veltins Arena
  • 21 de maio – Gelsenkirchen, Alemanha, Veltins Arena
  • 25 de maio – Reggio Emilia, Itália, RCF Arena
  • 29 de maio – Sevilha, Espanha, Estádio La Cartuja
  • 01 de junho – Sevilha, Espanha, Estádio La Cartuja
  • 05 de junho – Amsterdã, Holanda, Johan Cruyff Arena
  • 09 de junho – Munique, Alemanha, Estádio Olímpico
  • 12 de junho – Munique, Alemanha, Estádio Olímpico
  • 16 de junho – Dresden, Alemanha, Messe
  • 19 de junho – Dresden, Alemanha, Messe
  • 23 de junho – Viena, Áustria, Estádio Ernst Happel
  • 26 de junho – Viena, Áustria, Estádio Ernst Happel
  • 29 de junho – Zurique, Suíça, Estádio Letzigrund
  • 03 de julho – Londres, Inglaterra, Estádio de Wembley
  • 07 de julho – Londres, Inglaterra, Estádio de Wembley
  • 13 de julho – Hockenheim, Alemanha, Ring
  • 17 de julho – Stuttgart, Alemanha, Wasen
  • 21 de julho – Bratislava, Eslováquia, Old Airport
  • 27 de julho – Nuremberg, Alemanha, Zeppelinfeld
  • 31 de julho – Hannover, Alemanha, Messe
  • 04 de agosto – Hannover, Alemanha, Messe
  • 09 de agosto – Dessel, Bélgica, Festivalpark Stenehei
  • 13 de agosto – Paris, França, Hipódromo Paris Longchamp
  • 17 de agosto – Dublin, Irlanda, Croke Park
Leia também:  Executiva conta como festivais convenceram Slayer a voltar

E o Brasil?

O jornalista José Norberto Flesch declarou recentemente que o AC/DC optou por adiar a vinda ao Brasil, inicialmente especulada para setembro. De acordo com informações de bastidores, o grupo teria recebido “propostas excelentes” para seguir em território europeu. 

Contudo, segundo o profissional, a banda decidiu também não assinar o contrato para continuar a excursão no continente. Por isso, em suas palavras, ainda é possível que venham ao país.  

Outro jornalista, Lauro Jardim, publicou anteriormente em sua coluna no jornal O Globo que a visita suspostamente agendada para 2024 contemplaria quatro apresentações: duas no estádio do Morumbi, em São Paulo, e outras duas no festival Rock in Rio, na capital fluminense.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasO número impressionante de ingressos vendidos pelo AC/DC em um dia
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades