Como Paul McCartney cria suas músicas – e quais dicas ele dá a outros compositores

"Meu método é não ter método", diz Macca, que prefere terminar a canção e ajustá-la depois, ao invés de deixar as coisas pela metade

Um dos maiores compositores da história da música popular simplesmente se deixa levar pelo momento na hora de desenvolver a arte que o consagrou. Parece óbvio, dada a naturalidade com que criou alguns dos maiores hinos da música popular. Porém, serve como exemplo para quem está tentando.

Paul McCartney falou à BBC (com transcrição do Far Out Magazine) sobre a criação de sua obra. E desmistificou ideias que podem fazer parte da imaginação comum dos fãs.

- Advertisement -

Ele disse:

“Não fico pensando muito no que vou escrever, isso estragaria a mágica do momento. Normalmente, a ideia inicial se resume a um título, uma frase ou apenas um pensamento. Meu método é não ter método. Apenas deixo a inspiração me levar. Sempre foi assim, desde os tempos dos Beatles. Sentava com John e deixávamos a estrada guiar o caminho.”

Dica para iniciantes

Na hora de dar uma dica a aspirantes, McCartney sugere ter o esqueleto de uma música como exemplo.

Leia também:  A atitude do Rock in Rio 2024 após críticas por ausência de artistas do Norte no Dia Brasil

“Tente chegar ao fim de uma vez e, normalmente, a canção estará praticamente escrita. Assim, você pode revisar e ver onde pode melhorar nas tentativas seguintes. Se tiver sorte, descobrirá que meio que conseguiu.”

“Paul McCartney: As Letras”

Em 2021 foi lançado o livro “Paul McCartney: As Letras”, compilando seis décadas e meia de atividades de Paul como compositor. A obra analisa 154 criações textuais do músico e foi disponibilizada no Brasil pela editora Belas Letras.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesComo Paul McCartney cria suas músicas - e quais dicas ele dá...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades