Como um comercial de manteiga salvou a carreira de John Lydon

Ação publicitária permitiu ao ícone punk reformar o PiL e quitar suas dívidas pessoais

Na primeira década do século atual, John Lydon mostrou que estava disposto a qualquer coisa quando foi escalado para o reality show “I’m A Celebrity, Get Me Out Of Here!” em 2006. Sendo assim, não dá para dizer que foi uma surpresa ver o ex-vocalista do Sex Pistols se tornar o rosto de uma série de comerciais de manteiga da Country Life em 2008.

Anos mais tarde, o famigerado Johnny Rotten admitiu que a proposta veio em um momento crucial. O dinheiro em questão lhe permitiu quitar dívidas pessoais e investir na volta do seu grupo pós-Pistols, o PiL.

- Advertisement -

Antes disso, o artista considerou abandonar completamente a música. Disse ele à Classic Rock:

“Tive sérios problemas durante quase duas décadas com as gravadoras. Elas me endividaram e, para me livrar, tive que fazer coisas como turnês que não eram financiadas. Tive que levantar o dinheiro de forma independente. Com isso, os valores voltavam para mim e eu fiquei neste beco sem saída. Foram tempos muito desanimadores para mim.”

Sendo assim, a solução imediata foi fazer o que muitas celebridades na pindaíba fazem no Brasil: vender a alma ao mundo dos programas de baixa audiência com algum retorno.

Leia também:  Executiva conta como festivais convenceram Slayer a voltar

“Comecei a trabalhar na TV e na transmissão ao vivo, nas manhãs de sábado e domingo nos Estados Unidos, na internet, conversando com intelectuais. Isto é o que fui forçado a fazer! Mas eu aceitei bem. Você tira o melhor proveito da vida e só pode atuar com as cartas que lhe são entregues, até se encontrar em uma posição onde possa alterar a dívida. Demorou muito e devo dizer, obrigado Dairy Crest [a empresa que faz a Country Life], você definitivamente me ajudou a sair dessa crise. Não era uma quantia enorme de dinheiro, mas era suficiente para pagar a dívida e pensar em reformar o PiL.”

O comercial pode ser conferido no player abaixo.

Anarchy in the… butter???

Apesar da oferta de salvação financeira, Lydon confessou que não disse “sim” imediatamente.

“Quando nos abordaram para a campanha, eu era tão anarquista em relação a todos os meus princípios que achei engraçado na época. Superei e percebi: ‘Esses caras estão prontos para isso! Eles querem que eu leve isso a sério!’. No começo eu estava receoso, mas realmente gostei da maneira como me pressionaram e os agradeço por isso! Porque eu poderia ter sido estúpido e arrogante recusando. Mas eles mudaram minha vida.”

Além dos bolsos, John reconhece que o comercial também forrou o estômago.

Leia também:  Os maiores diferenciais do Pearl Jam, segundo o produtor Andrew Watt

“Tenho que agradecer à manteiga por isso e a comi bastante desde então! Fiz isso pelo puro prazer de poder percorrer os campos e escrever meus próprios scripts. Onde estão as vacas, vou embora! Foi uma diversão fantástica.”

John Lydon e PiL

Ano passado, John Lydon voltou às manchetes por conta da morte de sua esposa, Nora Forster. Desde 2018 ele havia deixado a carreira em segundo plano para cuidar da amada, que havia sido diagnosticada com Alzheimer.

Quatro meses após o falecimento de Nora, o PiL lançou o álbum “End of World”. O trabalho foi o 11º de inéditas do grupo e chegou ao 33º lugar na parada britânica.

O single “Hawaii” concorreu à vaga de representante da Irlanda no concurso musical Eurovision. Terminou em 4º na final local.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesComo um comercial de manteiga salvou a carreira de John Lydon
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades