John Oates fala pela 1ª vez sobre disputa legal com Daryl Hall

Duo mais vendido da história da música pop segue em litígio por conta de divergências em relação a ações comerciais

John Oates se manifestou publicamente pela primeira vez desde o início da disputa legal com Daryl Hall. O músico está sendo processado pelo antigo colega após tentar vender sua parte nas empresas que administram os interesses da dupla.

Oates quer negociar sua parte com a Primary Wave Music. A companhia já adquiriu vários outros catálogos, incluindo os de Stevie Nicks, Prince e Ray Charles. No entanto, Hall vetou a transação, chamando-a de “movimento completamente clandestino e de má-fé”.

- Advertisement -

O tribunal do Tennessee chegou até mesmo a conceder temporariamente uma ordem de restrição contra Oates, que descreveu o processo como “inflamatório”. Agora, em entrevista ao podcast “Behind the Velvet Rope” (transcrita pelo American Songwriter), ele expandiu seu ponto de vista. Começou exaltando a própria criação e a parceria.

“Você não pode ignorar o fato de que o catálogo de sucessos do Hall & Oates e os 50 anos de carreira sempre superarão quase tudo que Daryl faz sozinho ou que eu faço sozinho. O que é bom, porque sou muito orgulhoso daquela música. Estou muito orgulhoso do que Daryl e eu criamos juntos.”

No entanto, o compositor quer seguir em frente tanto na carreira quanto na vida, ai invés de se concentrar em suas realizações consolidadas.

“Não gosto de viver no passado – faço a analogia de como é quando você vai a um grande museu. Você fica realmente animado para ver todas as belas pinturas ou exposições ou o que quer que seja. Então, perto do fim, quando seus pés começam a doer e você diz: ‘Quer saber? Mal posso esperar para sair daqui’. É assim que me sinto.”

Ele finaliza deixando claro que, independente dos caminhos pelos quais a disputa percorrer, a parceria artística está encerrada em definitivo.

Leia também:  AC/DC lançará todos os seus álbuns em vinil dourado

“Estou fazendo shows solo e muito feliz por poder tocar novas músicas. É como uma lufada de ar fresco sobre mim. Eu segui em frente. É só uma questão de viver no meu presente.”

Decisões da justiça sobre a marca

No último dia 30 de novembro, um juiz de Nashville decidiu que John Oates deveria permanecer em espera e não tomar nenhuma “ação adicional” para vender sua metade de sua parceria comercial com Daryl Hall contra a vontade do colega. Um conselheiro arbitral será designado para tentar resolver a pendência sobre o destino da propriedade intelectual do interesse coletivo sobre a marca Hall & Oates.

Um documento de com a decisão provisória foi obtido pela Rolling Stone. Nele, o juiz concluiu que Hall havia “feito uma demonstração suficiente do risco de danos irreparáveis” se as negociações com a Primary Wave IP Investment Management fossem autorizadas a continuar.

Leia também:  Gibson anuncia linha de guitarras em parceria com Jimmy Page, começando pela doubleneck

Sobre Hall & Oates

Na ativa desde 1970, Hall & Oates formaram o duo mais vendido da história da música pop, com mais de 40 milhões de discos comercializados em todo o planeta. Entretanto, a parceria parece estar estremecida há algum tempo. Durante uma aparição de Hall no podcast Club Random, em 2022, ele caracterizou Oates como seu parceiro de negócios, não criativo.

Nas últimas décadas, os artistas estiveram nos tribunais em duas ocasiões, porém, do mesmo lado. Em 2008 eles fizeram uma denúncia contra sua antiga gravadora relativa a supostas apropriações financeiras indevidas. Já em 2015, um ano após terem sido induzidos ao Rock and Roll Hall of Fame, a ação foi contra uma empresa de granola que passou a vender um produto chamado “Haulin’ Oats”.

Apesar de viverem às turras, Hall e Oates seguiram se apresentando juntos até 2022, quando realizaram sete shows. O último disco de material inédito, “Do it For Love”, saiu em 2003.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasJohn Oates fala pela 1ª vez sobre disputa legal com Daryl Hall
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades