Quando Chris Cornell descreveu sonho com Layne Staley em post do MySpace

Líder do Soudgarden confessou arrependimento em não ter amparado o amigo em momento de sofrimento

Chris Cornell começou, em 2008, a postar reflexões em seu blog no MySpace. O vocalista e guitarrista do Soundgarden e Audioslave aproveitou a oportunidade para se aproximar dos fãs, além de expor algumas questões pessoais.

Com as mudanças no MySpace, a maior parte das publicações foi perdida. Há, porém, um texto que ainda circula por trazer o relato de um sonho com Layne Staley, vocalista do Alice in Chains falecido em 2002.

- Advertisement -

Cornell teve o sonho no dia anterior à publicação. Isso o levou a escrever sobre o que os sonhos podem significar e a refletir sobre os amigos que perdeu ao longo da vida.

Conforme resgate da Classic Rock, Chris declarou:

“Sou fascinado com o fator essencial dos sonhos. Estava sentado em uma cafeteria que, na verdade, era a lanchonete de minha escola primária. Vários amigos do passado estavam vindo e conversando comigo. No meio dessa cena entra Layne Staley. Ele se parecia muito com a primeira vez que o encontrei. Cabelo na altura dos ombros, bem barbeado, olhos claros e parecendo ter cerca de 20 anos.”

A reação, como natural em situações do tipo, gerou uma mistura de sentimentos.

“Fiquei tão feliz. Um pouco confuso, mas em um sonho como esse, eu só queria aceitar a ideia de que houve algum erro e que ele estava vivo e bem. Ele parecia feliz e disse que estava trabalhando em algum novo projeto musical. Acordei não muito depois disso com a sensação de que tinha acabado de falar com ele e que ele estava em algum lugar bom.”

A morte de Andrew Wood

A situação acabou remetendo Chris Cornell à morte de Andrew Wood, vocalista do Mother Love Bone. À época, Layne Staley estava inconsolável.

Leia também:  A história do único tecladista a ser membro oficial do Iron Maiden

“Fomos à casa de Kelly Curtis, manager do Mother Love Bone, para lamentarmos reunidos. Layne chegou desabando completamente, chorando tão profundamente que parecia realmente assustado e perdido. Como uma criança. Tive essa vontade repentina de correr e dar-lhe um grande abraço, dizer que tudo ia ficar bem… Eu queria ser essa pessoa para Layne, talvez só porque ele precisava tanto disso. Mas não consegui. Ainda me arrependo. Ninguém mais fez isso. Não sei por quê.”

Raiva pelo falecimento de Layne Staley

Layne Staley morreu em 5 de abril de 2002, consequência de uma overdose de speedball, como é popularmente conhecida a mistura de heroína e cocaína.

“No funeral de Layne fiquei com raiva. Continuava ouvindo o discurso sobre ele ter sido ‘duas vezes mais brilhante e metade do tempo’ e o absurdo ‘ele-era-muito-especial-para-este-mundo’ que eu tinha ouvido em tantos outros funerais por tanto tempo, de muitos outros amigos que eram tão jovens e talentosos.”

O próprio não conseguiu explicar o que o levou a ficar tão incomodado.

“Não sei por que fiquei tão bravo. Estava irritado com Layne? Zangado com todos os meus outros amigos por me deixarem? Com as pessoas andando em círculos dizendo ‘Eu o conhecia melhor’ ou ‘Eu era o único em quem ele realmente confiava’? Com raiva de todos eles por desperdiçarem o que eu considerava um futuro brilhante que faria o mundo parecer para mim como um lugar que vale a pena viver?

Ou talvez eu estivesse com raiva de mim mesmo porque ele estava morto, e uma vez tive a chance de abraçá-lo, tirar a poeira dele e deixá-lo saber que havia uma pessoa que se importava com a dor que ele sentia e eu não o fiz. Se algum dia eu me encontrar com ele em um sonho novamente, espero me lembrar de pedir desculpas.”

A partida de Chris Cornell

Chris Cornell tirou a própria vida no dia 18 de maio de 2017, aos 52 anos, após um show em Detroit, Estados Unidos. Entre o Soundgarden, Audioslave e carreira solo, vendeu mais de 30 milhões de discos em todo o planeta.

Leia também:  Como um comercial de manteiga salvou a carreira de John Lydon

** No Brasil, o Centro de Valorização da Vida (CVV), associação civil sem fins lucrativos, oferece apoio emocional e prevenção do suicídio, gratuitamente, 24 horas por dia. Qualquer pessoa que queira e precise conversar, pode entrar em contato com o CVV, de forma sigilosa, pelo telefone 188, além de e-mail, chat e Skype, disponíveis no site www.cvv.org.br.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesQuando Chris Cornell descreveu sonho com Layne Staley em post do MySpace
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades