Bryan Adams se ofereceu para ser vocalista do Rainbow

Cantor é um grande fã do guitarrista Ritchie Blackmore e revelou o desejo de excursionar pelo Japão ao lado do ídolo

Desde junho de 2019, o Rainbow segue inativo. Ronnie Romero, vocalista da formação mais recente, já afirmou que o grupo não deve voltar aos palcos. Mas caso precisem de uma mãozinha no futuro, Bryan Adams está disposto a ajudar.

O cantor foi convidado pela revista Classic Rock para atuar como editor convidado da publicação de setembro, ajudando na escolha de conteúdos. Ao receber a proposta, como explicou num artigo (via Ritchie Blackmore Official Site / Facebook), sua ideia inicial era ser entrevistado pelo guitarrista Ritchie Blackmore — que deixou o Deep Purple e formou o Rainbow em 1975.

“Meu primeiro pensamento quando soube que a Classic Rock me queria como editor convidado foi: ‘com certeza, vou pedir para meu guitarrista favorito, Ritchie Blackmore, fazer uma entrevista comigo [para a revista]’. Consegui entrar em contato com ele e tivemos algumas boas conversas por e-mail, mas infelizmente não fizemos uma entrevista.”

- Advertisement -

Dando continuidade, Adams revelou em tom de brincadeira que, apesar dos planos não terem saído como gostaria, teve a oportunidade de dar um recado importante para o ídolo: de que gostaria de fazer parte de uma próxima formação do Rainbow. 

“No entanto, ofereci meus serviços para ser o vocalista da próxima formação do Rainbow se tiver uma turnê no Japão. Ele disse: ‘eu poderia aceitar essa condição’.”

Vale destacar que, além de Ronnie Romero, a banda já contou com o saudoso Ronnie James Dio, Joe Lynn Turner, Doogie White e Graham Bonnet no posto de vocalista. David Coverdale (com quem Blackmore trabalhou no Purple) e Bruce Dickinson também já foram cogitados para a vaga.

Leia também:  A resposta de Rickey Medlocke a quem critica Lynyrd Skynyrd atual

Bryan Adams e Ritchie Blackmore

Bryan Adams admira o trabalho de Ritchie Blackmore. Em 2014, durante entrevista ao jornal canadense The Globe and Mail, o cantor atribuiu a vontade de aprender a tocar guitarra ao instrumentista e, especificamente, ao álbum “Machine Head”, lançado pelo Deep Purple em 1972. Já mais recentemente, durante bate-papo com a Guitarist em 2022, descreveu-se como “um grande fã de Blackmore”. 

Como aponta a biografia “Black Knight: Ritchie Blackmore”, lançada por Jerry Bloom em 2008, Adams ainda disse em certa ocasião:

“Nunca ouvi um guitarrista como Ritchie Blackmore. Não importa o quão rápido eu tentasse mover meus dedos, nunca pareceu como Ritchie Blackmore.”

O último show do Rainbow

Até o momento, o último show do Rainbow aconteceu em 15 de junho de 2019, quando a banda se apresentou no festival espanhol Rock the Coast. Além de Ritchie Blackmore e Ronnie Romero, a formação mais recente contava com o tecladista Jens Johansson (Stratovarius), o baixista Bob Noveau, o baterista David Keith e as backing vocals Candice Night – esposa de Blackmore – e Lady Lynn.

Leia também:  Por que o Pink Floyd não voltará, segundo David Gilmour

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesBryan Adams se ofereceu para ser vocalista do Rainbow
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades