A técnica peculiar de David Bowie ao gravar vozes de “Under Pressure”, do Queen

"Camaleão" foi indispensável na criação de um dos maiores hits da banda, que conta com sua participação

Lançada em 1981 como single e incluída no álbum “Hot Space” (1982), a música “Under Pressure” é um dos maiores sucessos da carreira do Queen. A canção foi gravada em parceria com ninguém menos que David Bowie, responsável por uma metodologia curiosa – e bastante funcional – para a gravação das vozes.

Em entrevista ao Ultimate Classic Rock, o guitarrista Brian May revelou como o processo de gravação se deu. De acordo com o músico, o método sugerido por Bowie consistia em trabalhar completamente no improviso – algo “inovador” na visão de May.

“Os vocais foram construídos de um jeito inovador, que veio de David, porque ele tinha experiência com esse método avant-garde de construir vocais. Ele disse: ‘todo mundo entra na cabine sem ideias, sem anotações, e canta a primeira coisa que vier à cabeça sobre a backing track’.”

- Advertisement -

Em seguida, ele completou:

“E assim fizemos, compilando todos os pedaços – foi a partir disso que fizemos ‘Under Pressure’, todos esses pensamentos aleatórios.”

“Under Pressure” foi disponibilizada como single oito meses antes do disco “Hot Space”. Foi o primeiro single do Queen a atingir o topo das paradas britânicas.

Leia também:  A tentativa de assassinato contra Bob Marley que inspirou novo filme

A música pop perfeita

Vocalista e guitarrista do Radiohead, Thom Yorke já definiu “Under Pressure” como a música pop perfeita. A classificação foi feita em entrevista de 1993 à Ray Gun Magazine.

“‘Under Pressure’, do Queen e David Bowie, é o exemplo de música que coloca o ouvinte de joelhos. Para mim, ela é a canção pop perfeita.”

Na ocasião, ele discutia o posicionamento de que, para ele, o Radiohead é uma banda pop.

“Minha definição de pop é explorar algo. Minha música pop ideal é aquela que diz algo que as pessoas querem ouvir liricamente e que as agarra pelo pescoço musicalmente – e que tem algum tipo de profundidade que vai além de uma melodia feliz que você assobia no trabalho.”

Queen, “Under Pressure” e “Hot Space”

Décimo trabalho de inéditas do Queen, “Hot Space” mostrava a banda incorporando elementos de funk, disco music, dance e pop. A nova orientação sonora, que já vinha se mostrando de forma mais tímida em trabalhos anteriores, desagradando boa parte dos fãs.

Leia também:  Como um comercial de manteiga salvou a carreira de John Lydon

Mesmo com a repercussão negativa, ganhou disco de ouro nos Estados Unidos e platina na Inglaterra, tendo vendido mais de 3 milhões e meio de cópias mundialmente apenas à época. Por outro lado, não repetiu os números de “The Game” (1980), seu antecessor e um dos recordistas de vendas do grupo.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA técnica peculiar de David Bowie ao gravar vozes de “Under Pressure”,...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades