Indústria musical não permite novas grandes histórias, diz Noel Gallagher

Para guitarrista e vocalista, o cenário mercadológico não é propício para o surgimento de novas bandas

Noel Gallagher está pessimista quanto ao futuro da música. O líder do High Flying Birds e eterna mente por trás dos clássicos do Oasis entende que a situação atual da indústria não favorece quem tem o sonho de triunfar. Especialmente em se tratando de bandas.

Durante participação na série Icons, da Gibson TV, o astro lamentou que as grandes histórias do rock tenham ficado para trás. Conforme transcrição do Ultimate Guitar, ele disse:

“Você tem que aceitar isso, as grandes histórias que todos vemos nos documentários não são mais possíveis. Não veremos mais a saga de cinco caras de um conjunto habitacional, como aconteceu com o Oasis.”

- Advertisement -

Dito isso, o guitarrista e vocalista amenizou declarando ser preciso manter a fé.

“Se você for bom vai chegar lá. Não há dúvida sobre isso… Mas o mundo da música mudou.”

Chance menor de sucesso

Uma dessas mudanças tem a ver com a menor probabilidade de sucesso, mesmo Noel ressaltando que boas composições ainda têm valor.

“Acho que a coisa da banda, no momento, está bem morta. Mas compor músicas é muito importante. Quer dizer, não há um conselho específico, que você possa dizer: ‘Bem, se você fizer isso, você vai conseguir isso’. Não funciona assim. Se você gosta de escrever canções, faça quantas puder, toque para outras pessoas. Mas você não deveria entrar nisso para ser famoso ou ter sucesso. A música em si é a recompensa. É isso que é. Você sabe, o maior presente que já recebi de ‘Don’t Look Back in Anger’ foi a música em si. Nos momentos de silêncio, quando estou em casa, toco ela para mim mesmo, canto para mim mesmo. Essa é a maior recompensa.”

Noel Gallagher atualmente

Recentemente, Noel Gallagher finalizou uma turnê europeia com o High Flying Birds. A excursão divulgou “Council Skies”, quarto álbum do grupo, lançado em junho. O trabalho se tornou o primeiro da carreira do compositor a não estrear no topo da parada britânica, tendo ficado em segundo lugar, superado por “But Here We Are”, novo disco do Foo Fighters.

Leia também:  Por que Tim Commerford (Rage Against the Machine) sente vergonha de ser americano

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasIndústria musical não permite novas grandes histórias, diz Noel Gallagher
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades