A química entre as guitarras do Foo Fighters, explicada por Chris Shiflett

Sinergia é tamanha que partes gravadas em estúdio por um integrante podem até ser tocadas por outro membro nos shows

O Foo Fighters se transformou em uma das maiores bandas do mundo e muito disso vem de sua sonoridade que combina melodias grudentas com riffs percussivos. Desde 2010, o grupo também conta com três guitarristas – o líder Dave Grohl, Chris Shiflett e Pat Smear –, mas a quantidade de pessoas com o mesmo instrumento parece não afetar a química.

Em entrevista à Guitar, Shiflett foi perguntado o porquê dos três guitarristas funcionarem tão bem juntos. A explicação tem tudo a ver com sinergia.

“Estamos sempre tocando a partir do outro, e é uma coisa contínua. Você precisa escutar o que todo mundo está fazendo, especialmente pra onde Dave está indo com uma música. Ao vivo, tudo pode mudar do nada. Você precisa estar presente, sabe?”

- Advertisement -

O músico, integrante do Foo Fighters desde 1999, citou um exemplo oriundo do álbum mais recente do grupo, “But Here We Are”.

“Tem uma música no disco novo, chamada ‘Show Me How’, que a gente começou a incluir nos setlists logo antes do festival de Glastonbury. A gente ainda estava trabalhando nela. É um ótimo exemplo de como fazemos uma coisa no estúdio, tentando ver o que precisa e o que funciona, mas aí quando vamos tocar ao vivo, é algo completamente diferente. Coisas que Dave faz no disco, eu toco ao vivo. Coisas que eu fiz, Pat é quem toca. É pra tudo quanto é lado, e é de canção a canção.”

O podcast de Chris Shiflett

Chris Shiflett tem experimentado uma fama maior devido ao seu podcast Shred With Shifty, no qual entrevista músicos famosos sobre o processo de composição de cada um com relação a uma canção em particular de cada. Perguntado quais convidados ainda gostaria ter no programa, ele falou:

“Um que espero fazer assim que puder é Vivian Campbell. Meu primeiro show, quando tinha 12 ou 13, foi Dio naquela primeira turnê. Tem uns assim, com uma conexão emocional, e tem os corinthians. Willie Nelson seria incrível, mas não acho que consigo ele. Ou Jimmy Page. Digo, esse aí as chances são baixas.”

Foo Fighters no Brasil

Os próximos shows do Foo Fighters acontecem no Brasil, nesta semana. No dia 7 de setembro, a banda se apresenta no estádio Couto Pereira, em Curitiba; dia 9, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, durante o festival The Town. Os ingressos estão esgotados para as duas ocasiões.

Leia também:  “Os Padrinhos Mágicos” ganhará episódios inéditos com nova protagonista

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasA química entre as guitarras do Foo Fighters, explicada por Chris Shiflett
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso e cursou Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Apaixonado por música, já editou blogs de resenhas musicais e contribuiu para sites como Rock'n'Beats e Scream & Yell.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades