Dee Snider: “não sou Vince Neil, sei formular uma frase”

Frontman do Twisted Sister sempre se destacou por uma capacidade artística acima da média, além de ser muito articulado

Quem acompanha Dee Snider de forma distante, deve conhecê-lo apenas como vocalista do Twisted Sister. Porém, sua história vai muito além, com uma carreira que também passou por cinema, teatro e literatura, além de ter se sobressaído como apresentador em iniciativas midiáticas.

Em entrevista à Fortune, para divulgar o romance “Frats”, o cantor comentou essa versatilidade. E não fez questão de bancar o falso humilde. Ao contrário, sobrou até espaço para uma cutucada em um colega de cena.

“Não sou Vince Neil. Eu sou o cara que você viu em Washington, alguém que é capaz de formular uma frase e se expressar.”

- Advertisement -

A situação lembrada por Dee remete a 1985, quando o músico testemunhou perante o Senado dos EUA defendendo o heavy metal contra alegações de que era violento e perigoso para crianças. A ação foi uma das tentativas de boicote da PMRC, organização conservadora que agiu contra o mercado pop da época.

Essa não foi a única vez que Snider acertou um “soco verbal” no vocalista do Mötley Crüe. Em 2016, durante conversa com o Yahoo Entertainment lembrou quando Vince Neil esteve envolvido em um acidente de carro que custou a vida de Razzle, baterista do Hanoi Rocks.

“Vince Neil poderia sair por aí e literalmente matar alguém. Havia duas outras mulheres que estavam em uma van e ficaram permanentemente incapacitadas por causa daquele famoso acidente de carro que matou Razzle. E as pessoas estão bem com isso. Dizem: ‘Sim, tudo bem! Rock ‘n’ roll!!’. E o cara não cumpriu nenhuma pena séria na prisão. Eu fico tipo, ‘Sério? Sério? Ele é um assassino’. Eu não entendo nada disso.”

O livro “Frats”

“Frats” é a primeira incursão de Dee Snider pela literatura de ficção. Anteriormente, ele havia lançado o livro de crônicas “Teenage Survival Guide: Or How To Be A Legend In Your Own Lunch Time” (1987, reeditado em 2019) e a autobiografia “Shut Up and Give Me the Mic” (2012).

Leia também:  Ozzy Osbourne conta por que criticou Kanye West abertamente por sample não autorizado

A história é ambientada nos anos 1970 e irá lidar com os efeitos de um ambiente nocivo na vida de uma pessoa. O principal mote da trama é a masculinidade tóxica. De acordo com o autor, ela foi inspirada em fatos reais.

Sobre Dee Snider

Nascido em Nova York, Daniel Snider entrou para o Twisted Sister em 1976. Apesar de a banda já existir à época, assumiu a liderança, sendo responsável pela composição das músicas. Foi o frontman dos cincos discos de inéditas e todos os outros lançamentos.

Após o primeiro fim, se juntou a Bernie Tormé, Clive Burr e Marc Russel no Desperado. O grupo existiu entre 1988 e 1990, mas teve seu único disco, “Bloodied But Unbowed”, lançado apenas em 1996.

Leia também:  Angra confirma show acústico em São Paulo após gravar DVD no formato

De 1991 e 1994 comandou o Widowmaker. Novamente com o baixista Marc Russel e o baterista Joey Franco, além do guitarrista Al Pitrelli, lançou dois discos antes da separação.

Em carreira solo, disponibilizou mais cinco obras, além do Van Helsing’s Curse, espetáculo teatral onde era narrador e atuava.

Entre várias aparições em TV e rádio, foi o apresentador do “Heavy Metal Mania”, primeiro programa especializado no gênero a ser produzido pela MTV.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasDee Snider: “não sou Vince Neil, sei formular uma frase”
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades