Por que o som do AC/DC nunca mudou, segundo Angus Young

Identidade e estilo atribuídos à banda em sua fundação definiram o padrão sonoro repetido ao longo da discografia

Em cinco décadas de carreira, o AC/DC se tornou uma das bandas mais relevantes do hard rock, mesmo com uma discografia pouco inventiva. Fãs sempre discutem que as músicas do grupo “soam iguais”, algo que já foi até alvo de brincadeiras dos músicos.

Em entrevista de 2021 à Rolling Stone, Angus Young abordou o tópico e relacionou a mesmice com a identidade e estilo atribuídos à banda em sua fundação. O processo criativo comandado por ele e o irmão Malcolm Young – guitarrista e cofundador – incluía selecionar ideias compatíveis com o perfil do projeto.

“Ao longo dos anos, Malcolm e eu tínhamos nossas próprias ideias, então sentávamos e passávamos por elas criticando um ao outro. Não adiantava eu vir com ideias de músicas que não eram o que pensávamos ser AC/DC. Portanto, não era como se chegássemos com jams de jazz ou blues. Você vinha com o que sentia ser boas ideias que funcionariam com o AC/DC. Esse sempre foi o guia para nós. Sempre foi assim desde o começo. Conhecemos o estilo. Sabemos o que estamos procurando, então, quando as pessoas ouvem, dizem: ‘bem, são eles; eles têm sua própria marca’.”

- Advertisement -

Angus ainda trouxe à tona a opinião de Malcolm sobre o assunto. Para o guitarrista rítmico falecido em 2017, o que importava era que em algum ponto da carreira da banda eles conquistaram fãs. 

Leia também:  A melhor música do Creed, na opinião de Mark Tremonti

“Malcolm costumava dizer: ‘sim, falam que soamos iguais, mas é porque somos a mesma banda – isso é o que nós somos’. Nunca quisemos entrar em território que não fosse nosso. E Malcolm sempre dizia: ‘olha, nós os pegamos em algum lugar da vida… poderíamos pegá-los nos primeiros anos, antes de irem para a faculdade e irem para o Pink Floyd, ou algo assim [risos], mas nós os pegamos jovens’.”

AC/DC atualmente

O AC/DC segue na ativa e lançou um álbum, “Power Up”, em 2020. Porém, não se apresenta ao vivo desde o fim de 2016.

No próximo dia 7 de outubro, eles voltam aos palcos em Indio, Califórnia, na segunda noite do Power Trip Festival. Ozzy Osbourne também tocará. Guns N’ Roses, Iron Maiden, Metallica e Tool são as atrações das outras datas.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que o som do AC/DC nunca mudou, segundo Angus Young
Tairine Martins
Tairine Martinshttps://www.youtube.com/channel/UC3Rav8j4-jfEoXejtX2DMYw
Tairine Martins é estudante de jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Administra o canal do YouTube Rock N' Roll TV desde abril de 2021. Instagram: @tairine.m

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades