Filho de Chester Bennington sofre assédio de conspiracionistas nas redes sociais

Tyler se manifestou de forma veemente em suas plataformas contra especulações em relação à morte do pai

O filho de Chester Bennington, Tyler, denunciou teorias de conspiração online sobre a morte de seu pai. O jovem de 17 anos chegou a expor uma mensagem privada que recebeu recentemente, com um usuário tentando convencê-lo de que o vocalista do Linkin Park teria sido vítima de algum tipo de armação que resultou em seu falecimento.

O rapaz, que utiliza sua conta para abordar temas ligados à saúde mental para aumentar a conscientização sobre o tema, publicou uma foto no mês passado, no que seria o aniversário de 47 de anos de Chester. Na legenda, declarou:

“Vou postar com mais frequência, mas por favor, não me siga esperando conteúdo do Linkin Park. Estou neste aplicativo para me divertir e defender a saúde mental”.

@thetylerbennington

I’m going to post more often but please dont follow me expecting Linkin Park content. I’m on this app to have fun and advocate for mental health. #fuckdepression #makechesterproud #mentalhealthmatters #suicidepreventionawarenes

♬ Lost – Linkin Park
- Advertisement -

Um usuário do TikTok, no entanto, respondeu à postagem escrevendo:

“Seu pai não se matou!! Acho que você sabe disso! Seu pai foi um herói para muitas pessoas. Ele estava indo bem neste mundo e eles não gostaram disso.”

Abordando o comentário em uma postagem seguinte, Tyler Bennington respondeu:

“Esse é o tipo de besteira com a qual não vou lidar na minha página. Essa pessoa está sendo bloqueada. Sou uma criança – isso é inapropriado para postar ou comentar nas minhas postagens ou nas postagens de qualquer pessoa. Não há evidências disso; não há evidências de nenhuma dessas teorias. Estas são apenas tentativas veladas de sensacionalizar e fazer do que realmente é uma tragédia uma grande história para contar às pessoas. Arrume uma vida, cara. Obrigado.”

Ele finalizou deixando claro que não falará mais sobre o tema, mas também não irá admitir qualquer tipo de tentativa de assédio.

“Não vou tolerar esse tipo de comportamento sobre mim, minha família ou qualquer fã em minha página. Dói-me saber que ainda existem pessoas no mundo que propagam esse tipo de calúnia em busca de atenção. Este é o único vídeo que postarei sobre o tema. Para quaisquer outros comentários como este, reservo-me o direito de zombar e ridicularizar você antes de bloqueá-lo. Obrigado a todos que deixaram comentários de apoio e gentis. Vocês são pessoas realmente gentis.”

@thetylerbennington

Replying to @thoughtprovokingwisdom I will not tolerate this kind of behavior about me, my family, or any fan on my page. It pains me to know that there are still people in the world who listen to this sttention seeking slander. This is the only video i will post like this, for any other comments like this, I reserve the right to movk and ridicule you back before blocking you. Thank you to everyone who has left supportive and kind comments. You are truly kind people. #mentalhealthmatters #fuckdepression #makechesterproud #suicidepreventionawarenes

♬ original sound – Tyler Bennington

A morte de Chester Bennington

Chester Bennington cometeu suicídio dia 20 de julho de 2017, na sua casa em Palos Verdes Estates, Califórnia. Seu maior sucesso foi como vocalista do Linkin Park, banda com a qual vendeu mais de 100 milhões de cópias dos seus 7 álbuns de estúdio em todo o mundo.

Leia também:  Há 51 anos, David Bowie lançava “Aladdin Sane”; veja outros fatos da música em 13 de abril

*No Brasil, o Centro de Valorização da Vida (CVV), associação civil sem fins lucrativos, oferece apoio emocional e prevenção do suicídio, gratuitamente, 24 horas por dia. Qualquer pessoa que queira e precise conversar, pode entrar em contato com o CVV, de forma sigilosa, pelo telefone 188, além de e-mail, chat e Skype, disponíveis no site www.cvv.org.br.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasFilho de Chester Bennington sofre assédio de conspiracionistas nas redes sociais
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades