Os dois candidatos finais à vaga de baterista do Foo Fighters, segundo tabloide

De acordo com o The Sun, há dois nomes conhecidos na disputa, sendo um deles o favorito

O Foo Fighters voltará aos palcos em maio para seus primeiros shows desde a morte do baterista Taylor Hawkins, ocorrida em março do ano passado. A agenda de compromissos se estende pelos meses seguintes e conta inclusive com uma apresentação no festival brasileiro The Town, promovido em São Paulo pelos organizadores do Rock in Rio.

Até o momento, não foi anunciado o nome de quem ocupará a vaga de Hawkins. Porém, de acordo com o tabloide britânico The Sun, o grupo já teria dois nomes favoritos para o posto.

- Advertisement -

Conforme apurado pelo repórter Simon Boyle, os mais cotados seriam Matt Cameron, integrante do Pearl Jam e Soundgarden, e Atom Willard, ex-Angels & Airwaves. Ambos têm relação de longa data com a banda, com Matt – que seria o favorito – tendo participado também de um dos eventos em tributo a Taylor Hawkins, nos Estados Unidos, em setembro último.

Leia também:  AC/DC lançará todos os seus álbuns em vinil dourado

Além disso, nenhum deles tem compromissos com seus grupos principais para 2023. No caso de Cameron, o Pearl Jam realizou seus últimos shows em setembro do ano passado e projetos paralelos como o Painted Shield (do guitarrista Stone Gossard) estão se apresentando neste ano.

Ainda de acordo com o The Sun, o Foo Fighters deve anunciar em breve uma turnê pelos Estados Unidos e Canadá para o verão no hemisfério norte (inverno por aqui). Como já há datas marcadas para maio, não deve demorar para que o novo dono das baquetas seja confirmado.

A morte de Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters

Taylor Hawkins morreu em 25 de março de 2022, aos 50 anos. O músico estava em turnê pela América do Sul com o Foo Fighters quando acabou falecendo em um quarto de hotel da cidade de Bogotá, na Colômbia. O show que ocorreria no Lollapalooza Brasil, na noite seguinte, acabou obviamente não acontecendo.

Leia também:  Como o TikTok mostra que o cinema não está morrendo, segundo Martin Scorsese

Exames iniciais realizados no corpo do músico encontraram a presença de 10 tipos de substâncias em sua corrente sanguínea, incluindo THC (maconha), antidepressivos, benzodiazepinas e opioides.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasOs dois candidatos finais à vaga de baterista do Foo Fighters, segundo...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades