As melhores músicas de todos os tempos na opinião de Chino Moreno

Spoiler: não tem heavy metal na lista, que traz vários sons “inesperados” para os fãs do vocalista do Deftones

Nascido em 1973, Camillo Wong Moreno é uma criança dos anos 1980. Hoje mais conhecido como Chino Moreno, o vocalista do Deftones (além de projetos paralelos como Crosses, Team Sleep e Palms) foi questionado sobre suas músicas preferidas em entrevista ao The Line of Best Fit.

De cara, alguns fãs da faceta metálica do músico podem se surpreender pela ausência do estilo. Por outro lado, quem aprecia o lado experimental que o próprio insere em seus trabalhos, não será pego desprevenido.

- Advertisement -

As nove eleitas do frontman são:

“Stammer” – Raime

“Helicopter” – Deerhunter

“Alive and Kicking” – Simple Minds

“Campanile” – Harold Budd

“Samba Pa Ti” – Santana

“No Police” – Doja Cat

“Girl Loves Me” – David Bowie

“Thieves Like Us” – New Order

“Virus” – Deltron 3030

Chino Moreno comenta suas músicas favoritas

Em relação ao Simple Minds, escolha que pode deixar muitos boquiabertos, Chino Moreno explica:

“Todos têm essas canções que sempre estão na playlist e que fazem com que você se sinta bem quando escuta. Não conheço muito do Simple Minds, mas essa música sempre me ajuda quando estou de mau humor.”

A sensação nostálgica também ocorre em relação a Santana.

“Essa música me leva de volta à infância. Tem essa vibração e um ritmo legal no estilo espanhol. Não é apenas uma batida simples. É mais como um shuffle, que me lembra Donovan e outras coisas dos anos 60 e 70 – isso me dá boas energias. É como uma música para dirigir no fim de semana, um tipo de vibração de verão para se sentir bem.”

Porém, os elogios mais efusivos vão para a obra derradeira de David Bowie, lançada dois dias antes de sua partida.

“A instrumentação é incrível, o som da bateria e a produção, mas realmente o que me prendeu na música são as palavras, no contexto em que este foi seu último disco e é exatamente o que ele está dizendo. Sério, eu chorei pelas primeiras 20 ou 30 vezes que ouvi. Ficava com um nó na garganta ao ouvi-lo dizer: ‘Onde diabos foi parar a segunda-feira?’ Para mim, realmente pinta um quadro, sabendo que seus dias estão contados, mas ao mesmo tempo termina com seu otimismo, ‘mas a garota me ama’, então tudo vai ficar bem.”

Os comentários completos (em inglês) podem ser conferidos aqui.

Leia também:  O show gratuito que quase acabou com o Van Halen em 1991

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesAs melhores músicas de todos os tempos na opinião de Chino Moreno
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades