Architects interrompe show após homem invadir palco e insultar músicos

Em incidente na Austrália, cidadão pediu canções antigas "em respeito" ao falecido guitarrista Tom Searle e tentou agredir o substituto Josh Middleton

O Architects precisou parar o seu show em Adelaide, na Austrália, após um homem invadir o palco. De acordo com fãs presentes no local (via NME), a banda estava na quarta música do set – “These Colours Don’t Run”, do álbum “Daybreaker” (2012) – quando o indivíduo tentou, primeiramente, agredir o guitarrista Josh Middleton.

Depois, ele passou a insultar os músicos, gritando para o vocalista Sam Carter cantar o material antigo do grupo e não as músicas mais recentes. O apelo foi feito pelo cidadão “em respeito” a Tom Searle, guitarrista e fundador do Architects que morreu em 2016, aos 28 anos de idade, em decorrência de um câncer.

- Advertisement -

Após o incidente, o homem foi retirado por quatro seguranças e levado pela polícia. Diante da situação, Carter não seguiu o repertório programado e decidiu falar com o público sobre o ocorrido, em um discurso cheio de palavrões (omitidos abaixo):

“Isso não é um jogo, essa é a nossa vida. Eu não sei quem essa pessoa pensa que é para subir ao palco e tentar agredir Josh ou fazer o que quer que fosse. Preciso dizer, quando ele estava no chão, gritando na minha cara, me dizendo para respeitar Tom e tocar algumas músicas antigas, estávamos tocando a música mais antiga do set, seu estúpido de m*rda.”

O vocalista, então, ressaltou a importância de Searle para a banda e como a violência não deveria ser a solução dos problemas. Em seguida, refletiu sobre a fugacidade da vida e concluiu que o acontecimento não deveria arruinar o resto da apresentação, realizada no AEC Theatre.

“Respeitamos Tom em todos os dias de nossas vidas e em todos os momentos em que essa banda continuou. Virar e ver meu melhor amigo sendo atacado por alguém… estamos apenas fazendo música. Isso é o que as pessoas precisam entender, o que acontece na internet, o jeito como as pessoas falam umas com as outras, não pode continuar assim. É apenas música. Estamos dando o nosso melhor, não há necessidade de violência, não há necessidade de correr para o palco e fazer isso. A vida realmente continua e é muito rápida. Não sabemos por quanto tempo viveremos na Terra, então eu não vou deixar que um m*rda estrague a minha noite.”

Veja abaixo um vídeo da declaração completa de Sam Carter, em inglês e sem legendas.

Leia também:  Geddy Lee e Alex Lifeson se reúnem e tocam em show tributo a Gordon Lightfoot

Sam Carter fala após invasão ao palco do Architects

Após a declaração, os músicos começaram novamente “These Colours Don’t Run” e seguiram com o resto do setlist. Ao todo, tocaram 23 músicas, incluindo as faixas “Deep Fake”, “Tear Gas”, “A New Moral Low Ground”, “Burn Down My House” e “When We Were Young”, do álbum mais recente, “The Classic Symptoms of a Broken Spirit”, lançado em outubro de 2022 .

O Architects encerra a sua turnê australiana na próxima terça-feira (22), em Brisbane. Depois, o grupo inicia uma série de shows pela Europa, prevista para acabar em julho, na Espanha.

Leia também:  The Exploited fará turnê de despedida na América do Sul em 2025

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasArchitects interrompe show após homem invadir palco e insultar músicos
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades