Mãe de vítima de Jeffrey Dahmer critica vitória de Evan Peters no Globo de Ouro

Shirley Hughes afirmou que Peters não deveria ter aceitado interpretar o assassino na série “Dahmer: Um Canibal Americano”

A mãe de uma das vítimas do serial killer Jeffrey Dahmer não gostou da vitória de Evan Peters no Globo de Ouro 2023. O ator deu vida a Dahmer na minissérie “Dahmer: Um Canibal Americano”, da Netflix, e ganhou a categoria de Melhor Ator em Minissérie, Antologia ou Filme para TV na premiação. 

Em entrevista ao site TMZ, Shirley Hughes, mãe de Tom Hughes, disse que Peters podia ter mencionado em seu discurso as famílias que sofreram com os crimes de Dahmer. Ela também afirmou que a indústria de Hollywood deve parar de glorificar a história de assassinos.

“É uma pena que as pessoas possam pegar nossa tragédia e ganhar dinheiro com isso. As vítimas nunca viram um centavo. Passamos por esse sofrimento todos os dias.”

- Advertisement -

Ao ganhar o troféu, Evan destacou a dificuldade em interpretar Jeffrey. Shirley, então, ainda completou que o ator não devia ter aceitado o papel, em respeito às tragédias ocorridas.

“Há muitas pessoas doentes no mundo e as pessoas que ganham papéis para interpretar assassinos mantêm a obsessão. Isso faz com que as pessoas doentes prosperem com a fama.”

Leia também:  I Wanna Be confirma datas para 2025 e venda antecipada

Anteriormente, Eric Perry, primo de outra vítima do assassino, Errol Lindsey, criticou “Dahmer: Um Canibal Americano” no Twitter. Ele chamou a série de “cruel” e “retraumatizante”. A irmã de Lindsey, Rita Isbell, declarou ao Insider que a produção é “puramente gananciosa” e que ninguém da família foi consultado.

Globo de Ouro 2023

A 80ª edição do Globo de Ouro, uma das mais importantes premiações da TV e do cinema, ocorreu na última terça-feira (10) em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Entre os filmes indicados, receberam destaque “Os Fabelmans”, que ganhou as categorias Melhor Filme de Drama e Melhor Direção (para Steven Spielberg), e “Os Banshees de Inisherin”, vencedor de Melhor Filme de Comédia ou Musical, Melhor Roteiro (para Martin McDonagh) e Melhor Ator em Comédia ou Musical (para Colin Farrell). “Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo” conquistou Melhor Atriz em Filme de Comédia ou Musical (para Michelle Yeoh) e Melhor Ator Coadjuvante em Filme (para Ke Huy Quan). Confira todos os vencedores clicando aqui.

*Texto por Maria Eloisa Barbosa.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasMãe de vítima de Jeffrey Dahmer critica vitória de Evan Peters no...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades