Criador do game “Sonic”, Yuji Naka é preso no Japão

Desenvolvedor é acusado de se aproveitar de informações confidenciais para lucrar com ações de uma companhia parceira da Square Enix

Yuji Naka, o criador dos games “Sonic the Hedgehog”, clássico do início dos anos 90, foi preso em Tóquio, no Japão. Ele é acusado de ter se aproveitado de sua posição na desenvolvedora Square Enix para comprar ações de uma companhia parceira, usando informações confidenciais a respeito da jogos que ainda estavam sendo desenvolvidos secretamente, em 2020.

Segundo informação do site japonês FNN, confirmada pelo jornal Asahi Shimbun, Naka trabalhava no game “Balan Wonderworld”, na Square Enix, quando descobriu que haveria uma parceria da desenvolvedora com a Aiming para a criação de um novo jogo mobile da série “Dragon Quest”, intitulado “Dragon Quest Tactics”. Baseando-se nessa informação confidencial, ele e outros dois funcionários compraram ações da Aiming, sabendo que elas seriam valorizadas quando o produto fosse anunciado.

- Advertisement -
Leia também:  Mike Portnoy nega que volta ao Dream Theater tenha prejudicado Sons of Apollo

Não ficou claro se Yuji chegou a vender as ações. Sabe-se, porém, que seu objetivo era lucrar com a alta.

Ele, Taisuke Sazaki e Fumiaki Suzuki teriam comprado 47 milhões de yenes (cerca de 336 mil dólares) em ações da Aiming entre o final de 2019 e o início de 2020. O anúncio de “Dragon Quest Tactics” foi feito em fevereiro de 2020. Sazaki era, inclusive, um dos envolvidos no desenvolvimento.

Yuji Naka e Sonic

No final dos anos 80, a Nintendo dominava o mercado de games com “Super Mario” quando Yuji Naka, então empregado da Sega, teve uma ideia. Em 1991 foi lançado o primeiro jogo da série “Sonic the Hedgehog”, que não apenas foi um sucesso, como trouxe um mascote capaz de bater de frente com o encanador bigodudo da concorrência: um ouriço azul velocista.

Leia também:  Como o cinema atual foi corrompido pela TV, segundo Denis Villeneuve

Yuji Naka trabalhou ainda em divisões da Sega nos Estados Unidos, sempre cuidando dos jogos do “Sonic”. Ele deixou a empresa em 2006 para fundar sua própria desenvolvedora, a Proper. Desde 2016, ele também atuava junto à a Square Enix, tendo deixado a companhia no início de 2022 por conta de processos trabalhistas que culminaram na descoberta da fraude envolvendo “Dragon Quest Tactics”.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasCriador do game “Sonic”, Yuji Naka é preso no Japão
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades