Livro de brasileiro analisa letras do Sabaton a partir da história das guerras

Obra aborda acontecimentos históricos e relaciona com as músicas do grupo que discorrem sobre o tema

Banda sueca de heavy metal mais bem-sucedida das últimas décadas, o Sabaton se caracteriza por contar histórias de batalhas em suas letras. Vide os dois últimos discos lançados – “The Great War” (2019) e “The War to End All Wars” (2022) –, que falam sobre a Primeira Guerra Mundial.

Tendo esse cenário em mente, o jornalista Gustavo Maiato, repórter e fotógrafo colaborador de IgorMiranda.com.br, se aliou à editora Estética Torta para o lançamento do livro “Sabaton: Histórias de Guerra”. A obra desdobra acontecimentos históricos e linka com as músicas do grupo que discorrem sobre o tema. Os capítulos são: Primeira Guerra Mundial, Segunda Guerra Mundial, A Ascensão e Queda do Império Sueco, Guerras Modernas, Guerras do Passado e Personalidades de Guerra.

- Advertisement -
Leia também:  Por que Marko Hietala diz entender falta de contato com ex-colegas do Nightwish

Lembrando que no álbum “Heroes”, de 2014, o Sabaton incluiu a música “Smoking Snakes”. Ela homenageia três soldados da Força Expedicionária Brasileira (FEB) que lutaram contra os nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. A faixa possui refrão cantado em português.

A obra tem aproximadamente 300 páginas e será lançada em outubro. Além do formato convencional, haverá uma edição de luxo limitada a 199 unidades com capa dura e pintura trilateral em cores camufladas. A pré-venda de ambas acontece no site da editora, com desconto de 20% através do cupom SABATON20.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Leia também:  12 shows internacionais de rock e metal no Brasil em março de 2024
ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasLivro de brasileiro analisa letras do Sabaton a partir da história das...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades