Foto: Danny Clinch

Eddie Vedder expulsa mulher de show do Pearl Jam após agressão

Cantor testemunhou a agressão, fez a banda parar a apresentação e pediu que a fã se retirasse

O show do Pearl Jam em Zurique, Suíça, contou com um cartão vermelho de Eddie Vedder para uma espectadora. A mulher teria agredido um homem que estava filmando a apresentação, ocorrida no último dia 23 de junho.

A banda executava a música “Animal” quando o frontman viu a reação violenta. A situação foi registrada em vídeo e transcrita pelo Loudwire. Vedder parou a canção e se dirigiu aos dois.

“Acendam as luzes, por favor. Eu vi tudo, eu sei que ele estava a incomodando. Você ficou chateada por ele filmar o tempo todo. Foi a apresentação inteira ou só agora? Bem quando eu vi? O tempo todo? Sim, você está filmando todo mundo.

Sei que isso a chateia, mas você não pode golpeá-lo na nuca, mesmo sendo uma mulher. Você pode ser forte. Pare de agredi-lo. Você está fora. Não permitimos violência. Desculpe, moça, não admitimos isso. Você poderia ter acenado para mim e avisado, eu estava olhando bem em sua direção. Sinto muito, não é legal, não toleramos agressões. Desculpe.”

O momento pode ser conferido abaixo.

Não é a primeira vez que Eddie toma essa atitude. Em 2016, o cantor já havia convidado um rapaz a se retirar do concerto na cidade americana de Wrigley Field após este ter intimidado uma mulher com dedo em riste. Relembre clicando aqui.

Pearl Jam e Eddie Vedder na estrada

O Pearl Jam segue em turnê pela Europa até o final do mês. Em setembro, realiza mais uma perna do giro promovendo o álbum “Gigaton” pela América do Norte.

Na sequência, Eddie Vedder retoma os shows solo, divulgando o disco “Earthling”, lançado este ano.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
22
Share