Kenny Loggins gravou nova versão de “Danger Zone” para “Top Gun: Maverick”

Anos antes, Tom Cruise havia prometido usar a música em uma eventual sequência de “Top Gun” – que acabou saindo só agora, 36 anos depois

Top Gun: Maverick”, sequência do clássico filme de 1986, traz uma nova versão da abertura do filme original, novamente com “Danger Zone”, de Kenny Loggins, na trilha sonora. A pedido do diretor Joseph Kosinski e do próprio Tom Cruise, o cantor regravou a música de modo exatamente igual à versão original em vez de fazer mudanças ou simplesmente remasterizar a faixa dos anos 80.

A abertura do novo filme é uma óbvia referência ao início do longa original – e o próprio Kosinski explicou ao Entertainment Weekly que a intenção era essa. O diretor quis gerar uma sensação de conforto no público, o que era necessário, já que a sequência está saindo 36 anos depois do primeiro.

“Eu queria que esses primeiros poucos minutos te dissessem que esse é um filme de ‘Top Gun’, que o amamos tanto quanto você. Daqui em diante, nossa história vai em uma direção bem diferente, mas eu queria que os primeiros minutos fizessem o público saber: não se preocupe, nós também o amamos, esse vai ser um filme de ‘Top Gun’.”

Reproduzir esse início significava também trazer a canção de Loggins de volta. Segundo o próprio cantor, Tom Cruise havia prometido há ele, anos antes, que a música estaria de volta se uma sequência de “Top Gun” fosse feita, mas teria que ser a original.

“Quando encontrei Tom Cruise no ‘Jimmy Kimmel Live!’, há uns seis anos, eu sabia que ele tinha a propriedade (do filme) naquele ponto… eu disse: ‘me diga, ‘Danger Zone’ está dentro ou fora?’ e ele disse que não seria ‘Top Gun’ sem ‘Danger Zone’. E ele manteve sua palavra.

Quando falamos sobre isso a primeira vez, eles estavam pensando que ela entraria em uma cena no meio do filme, ou em algum lugar perto do fim, quando ele vai ao resgate. Em vez disso, Tom optou por usá-la no começo do filme, para realmente evocar a energia e a animação do ‘Top Gun’ original.”

Sobre “Top Gun: Maverick”

A estreia de “Top Gun: Maverick” foi adiada duas vezes: em 2019, por conta da complexidade das cenas com aviões e no ano seguinte devido à pandemia. Além de Tom Cruise, o elenco conta com nomes como Miles Teller, Jennifer Connelly, John Hamm e Glen Powell.

O roteiro da sequência foi escrito por Ehren Kruger, Eric Warren Singer e Christopher McQuarrie. A sinopse oficial detalha a história da seguinte forma:

“Depois de mais de trinta anos de serviço como um dos principais aviadores da Marinha, Pete ‘Maverick’ Mitchell (Tom Cruise) está onde pertence: é um corajoso piloto de testes e continua evitando o seu avanço na patente, que o colocaria fora das aeronaves. Quando ele precisa treinar um destacamento de graduados TOP GUN para uma missão especializada da qual nenhum piloto vivo jamais participou, Maverick conhece o tenente Bradley Bradshaw (Miles Teller), conhecido como ‘Galo’, filho do falecido amigo de Maverick e Oficial de Interceptação de Radar, tenente Nick Bradshaw, também conhecido como “Goose”.

Enfrentando um futuro incerto e confrontando os fantasmas de seu passado, Maverick é arrastado a uma luta com seus medos mais profundos, culminando em uma missão que exige um sacrifício final daqueles que serão escolhidos para voar.”

“Top Gun: Maverick” já pode ser visto nos cinemas do Brasil. O longa estreou na última quinta-feira (26).

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
15
Share