Como John Lennon defendia a polêmica música “Woman is the N****r of the World”

Logo no título, faixa lançada pela Plastic Ono Band fazia uso de um dos termos mais ofensivos da língua inglesa

Em 25 de abril de 1972, a Plastic Ono Band, de John Lennon e Yoko Ono, lançou o single “Woman is the N****r of the World”. A canção faz parte do álbum “Some Time in New York City”, que reúne registros ao vivo e em estúdio.

Obviamente, o título causou muita controvérsia à época. O termo “n****r” é um dos mais ofensivos da língua inglesa. A palavra é um insulto direcionado a pessoas de cor da pele preta e nos dias de hoje é suficiente para colocar um racista na cadeia, transformando o mundo em um lugar melhor.

- Advertisement -

A Billboard classificou a gravação como “a mais polêmica do ano”. DJs de rádio, seja por medo de represálias ou discordâncias com a expressão, boicotaram a execução. Uma matéria do Los Angeles Times à época indicava que apenas duas de 300 estações que receberam o promo o colocaram na programação.

Obviamente, John Lennon se valeu de seu instinto provocador para levantar uma discussão. Em entrevista ao LA Times (via Ultimate Classic Rock), o Beatle declarou que estava tentando fazer um manifesto pró-feminismo, declarando que as mulheres eram realmente os membros mais explorados da sociedade.

Leia também:  A opinião de Paulo Miklos sobre fãs e até rockstars levados à extrema direita

“Concordo que muitas pessoas são escravizadas no mundo. Mas cada homem tem seu próprio escravo em casa e geralmente é a esposa.”

Vale citar que a ideia para o título veio de Yoko Ono, que cunhou a frase durante entrevista de 1969 à revista Nova. Ouça a faixa a seguir.

John Lennon, Yoko Ono e “Woman is the N****r of the World”

“Woman is the N****r of the World” chegou ao 57º lugar no Billboard Hot 100. Foi a pior colocação de um single de Lennon na parada americana enquanto ainda vivo. Por outro lado, John e Yoko foram homenageados pela organização feminista National Organization for Women (NOW), que exaltou o conteúdo da música.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesComo John Lennon defendia a polêmica música “Woman is the N****r of...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades