Metallica atrasa show no Chile em 1h após diversas falhas na organização

Transferida do Estadio Nacional para o Club Hípico, apresentação em Santiago foi marcada por problemas como longas filas, falta de informação e até invasão à pista premium

O show que abriu a turnê do Metallica pela América do Sul sofreu com uma série de problemas. Diversos relatos de longas filas para entrada, falta de informação e até invasão à pista premium marcaram a apresentação promovida na noite da última quarta-feira (27) no Club Hípico de Santiago, no Chile.

O jornal local La Tercera afirma que James Hetfield (voz e guitarra), Lars Ulrich (bateria), Kirk Hammett (guitarra) e Robert Trujillo (baixo) atrasaram em uma hora o início da performance. Embora não tenha sido comentada pela banda ou pelos organizadores, a situação parece ter a ver com os problemas ligados à realização do evento.

O veículo de comunicação afirma:

“A entrada do recinto era especialmente caótica; longas filas nas ruas no entorno e pouca clareza na distribuição dos acessos correspondentes a cada ingresso (os ingressos originais tinham a distribuição do Estadio Nacional, local onde a apresentação seria realizada). Boa parte dos fãs ​​tentavam entrar até pouco depois das 21h, hora em que o show estava originalmente programado para começar. Mesmo no acesso da avenida Blanco Encalada, a pressão da população foi tanta que chegou a ser derrubado um portão.

Parte do público acusou a demora de até três horas para entrar. No entorno reinava a confusão e a falta de informação. No interior, o Clube Hípico tornou-se demasiado pequeno para o número de espectadores: havia várias áreas, onde era impossível assistir normalmente e com algum conforto mínimo.

Na saída também havia desordem: os presentes não sabiam onde ficavam as rotas de evacuação – queixavam-se de má sinalização – e houve até incidentes, caso em que os policiais tiveram que intervir.”

Alguns registros em foto e vídeo mostram os problemas. Veja abaixo.

Apesar dos problemas, o Metallica fez seu show dentro do esperado. O repertório apresentado foi bastante similar ao de performances recentes, priorizando os maiores clássicos da banda e adicionando duas faixas do álbum mais recente, “Hardwired… to Self-Destruct”: “Moth into Flame” e “Spit Out the Bone”.

Em sua passagem pela América do Sul, o grupo americano de heavy metal ainda se apresentará em Buenos Aires, na Argentina, e em quatro datas no Brasil, listadas abaixo. Em todas as ocasiões, o Greta Van Fleet será atração de abertura. Nos eventos nacionais, o Ego Kill Talent também tocará.

  • 5 de maio de 2022 – Porto Alegre, Brasil – FIERGS
  • 7 de maio de 2022 – Curitiba, Brasil – Estádio Couto Pereira
  • 10 de maio de 2022 – São Paulo, Brasil – Estádio do Morumbi
  • 12 de maio de 2022 – Belo Horizonte, Brasil – Estádio Mineirão

Metallica no Chile – vídeos e repertório

  1. Whiplash
  2. Ride the Lightning
  3. The Memory Remains
  4. Seek & Destroy
  5. Through the Never
  6. One
  7. Sad but True
  8. Moth Into Flame
  9. The Unforgiven
  10. For Whom the Bell Tolls
  11. Creeping Death
  12. No Leaf Clover
  13. Master of Puppets
    Bis:
  14. Spit Out the Bone
  15. Nothing Else Matters
  16. Enter Sandman

“Whiplash” e “Ride the Lightning”

“The Memory Remains”

“One”

“Nothing Else Matters”

“Master of Puppets”

“Enter Sandman”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
18
Share