Foto: @thebandghost / Instagram

Os 5 filmes de terror favoritos de Tobias Forge, do Ghost

Banda liderada pelo músico sueco tem forte relação com o horror não apenas na música, como também na estética

A relação do Ghost com o terror não é novidade para ninguém. Desde as referências musicais às visuais, das mais básicas àquelas que só os mais antenados assimilam, há vários exemplos.

Até por isso, a revista Revolver propôs um desafio a Tobias Forge: escolher seus 5 filmes preferidos no gênero. As escolhas podem ser conferidas abaixo, junto de comentários do vocalista do Ghost.

Os filmes de terror favoritos de Tobias Forge (Ghost)

5. ‘Halloween II’

“Essa foi minha primeira experiência real de Halloween como um conceito porque na Suécia nos anos 80 não celebrávamos a data. As abóboras e doces ou travessuras foram adotados no início dos anos 90 com a minha geração. Era uma desculpa para fazer uma festa temática. Ainda é um dos meus momentos favoritos do ano. Hoje o país é bem Halloween, mas trinta anos atrás não era. Quando eu vi Halloween II em 87 ou algo assim, parecia muito estrangeiro. E porque eu sou um americófilo, isso definitivamente contribuiu para o meu desejo de ir para os Estados Unidos. Mesmo com esse homem matando todo mundo naquela noite, eu ainda queria ir para Haddonfield, Illinois, e sair pelas ruas. Devo também mencionar que fui ver o novo Halloween e gostei. Eu veria de novo.”

4. ‘A Profecia’

“Como um adolescente que se sentia um pouco fora da norma – especialmente imaginando estar em contato com poderes superiores – obviamente Damien Thorn era uma figura muito simpática. A ideia de ser o anticristo designado, destinado a coisas maiores, estava, obviamente, muito alinhada com o meu eu de 13 anos. A Profecia possui referências sociais interessantes. Se você considerar a ideia do protagonista como um magnata industrial que recebeu esses poderes para basicamente dominar o mundo com intenções muito malignas, é fácil traçar paralelos com muitas coisas contemporâneas, o que torna o filme ainda melhor. É uma grande história do mal chegando ao poder.”

3. ‘Tubarão’

“Tubarão tem tudo – uma criatura carnívora perigosa à espreita no oceano, e Amity é uma cidadezinha muito aconchegante. Eu adoraria sentar na casa do Chefe Brody e ficar olhando para a água. Os personagens também têm muita personalidade, o que você não vê com frequência em filmes de terror. Há o conflito de ter se mudado para um novo lugar, o conflito de ser pai, o conflito de fazer a coisa certa enquanto lhe dizem para fazer a coisa errada e o interesse do comércio – todo o conflito entre o chefe Brody e o prefeito. Há tantas camadas, é fantástico. E é uma história tão boa sobre esse animal que ameaça matar toda a cidade. E ainda há a música, que deixa tudo mais assustador.”

2. ‘O Exorcista’

“Quando adolescente e pré-adolescente, fui muito fascinado com a ideia de Satanás, a possessão e os poderes do obscuro. O Exorcista abraçou todas essas coisas. Você tinha esse demônio que podia fazer coisas mágicas em nome de Satanás e isso mexeu comigo. Eu provavelmente o vi pela primeira vez quando tinha 11 ou 12 anos, quando estava me aprofundando na ideia de abraçar o personagem de Satanás. Já revi muitas vezes ao longo dos anos e realmente se destaca como um filme fantástico. E, novamente, embora a maior parte seja muito problemática, tem aquela qualidade sazonal. Acho que se passa em Washington e é muito aconchegante. Eles moram em uma casa muito legal.”

1. ‘O Iluminado’

“Eu diria que este é o melhor filme de terror já feito. Pode ser uma coisa de gosto, mas sou muito fã da vida alpina – gosto de casas de madeira enterradas na neve em uma montanha. O Iluminado obviamente tem muito disso. E há algo sobre o Overlook Hotel – é assustador e enorme, sim, mas ainda parece muito hospitaleiro. O filme também nos traz uma volta a uma época em que havia muitas pessoas lá – ele tinha dias grandiosos no passado, quando era muito vivo e vibrante. Hoje em dia, quando os filmes de terror fazem retrocessos na linha do tempo, o passado é igualmente sombrio e ameaçador.”

“Hunter’s Moon”, primeiro single do novo álbum do Ghost, “Impera”, entrou na trilha do filme “Halloween Kills”. O disco foi lançado no último dia 11 de março.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
24
Share