Foto: Chris A Photography

Após deixar o Testament, Gene Hoglan trabalha em novo álbum do Dark Angel

“Este é um dos motivos pelos quais não pude me envolver com os planos do Testament”, declarou o baterista sobre o primeiro disco da banda em mais de 30 anos

Semanas após ter anunciado sua saída do Testament, o baterista Gene Hoglan falou, em transmissão na Twitch, sobre o andamento dos trabalhos visando o novo álbum do Dark Angel. Será o primeiro disco da banda desde “Time Does Not Heal”, de 1991. A ideia é passar o ano se dedicando ao projeto e lançar em 2023.

Conforme transcrito pelo Ultimate Guitar, ele declarou:

“Este é um dos motivos pelos quais não pude me envolver com os planos do Testament. Há pouco Eric Meyer (guitarrista) esteve comigo aqui. Fizemos uma jam e acabou saindo mais uma música nova.”

Além de músicas inéditas, a banda deve retornar aos palcos nos próximos tempos.

“Seguimos em frente com as composições e temos alguns shows em breve. Não serão muitos, mas agora que tenho uma agenda mais aberta, posso me dedicar mais ao Dark Angel. Estamos entrosados, com o mesmo objetivo em mente, que é fazer o melhor disco possível.”

Gene Hoglan, Testament e Dark Angel

Gene Hoglan estava no Testament desde 2011 – além de ter passado pela banda anteriormente entre 1996 e 97. Gravou com o grupo os álbuns “Demonic” (1997), “Dark Roots of Earth” (2012), “Brotherhood of the Snake” (2016) e “Titans of Creation” (2020).

No momento, além do Dark Angel, ainda é membro do DTA (Death To All), Pitch Black Forecast e Tenet, além de colaborar com o projeto animado Dethklok, banda do desenho animado Metalocalypse, do Adult Swim. Ainda tocou com Death, Fear Factory, Strapping Young Lad, Anthrax, Opeth e Devin Townsend, entre vários outros.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
8
Share