Filho de Clarence Clemons é processado por usar nome do pai para vender maconha

Imagem do saxofonista da E Street Band, falecido em 2011, também aparece em produtos feitos à base de cannabis de empresa criada por Nick Clemons

O filho de Clarence Clemons está sendo processado pelo fundo familiar que controla os ativos do falecido saxofonista e parceiro musical de Bruce Springsteen. Nick Clemons possui a marca “Big Man Blazed Baked Goods”, ligada a produtos à base de cannabis, desde 2020.

Sua empresa, a Big Man’s West LLC, não atendeu ao pedido de um juiz para que o nome e a imagem do pai fosse desligada das mercadorias. Com isso, foi indiciada por desacato ao tribunal. Clemons enfrenta uma multa diária de US$ 250 caso insista na ação.

Integrante do fundo, Nick Clemons classificou o processo como “frívolo” em declaração à Billboard. Ele argumenta que, como parte interessada, “não pode processar a si mesmo” e diz que “nem está considerando” cumprir a ordem, mas pode eventualmente apresentar uma resposta às acusações. Além de Nick, outros três filhos de Clarence são beneficiários.

Sobre Clarence Clemons

Nascido em Norfolk County, estado americano da Virginia, Clarence Anicholas Clemons Jr. foi saxofonista da E Street Band desde a concepção do grupo, em 1972. “The Big Man”, como era conhecido, também lançou três discos solo, além de outros com o The Red Bank Rockers e Temple of Soul.

Ainda participou de trabalhos de Aretha Franklin, Ringo Starr, Greg Lake, Twisted Sister, Dan Hartman, Roy Orbison e Lady Gaga, entre outros. Como ator e dublador, apareceu em séries e filmes, incluindo “Arnold”, “Eu a Patroa e as Crianças” e “Os Simpsons”.

Morreu dia 18 de junho de 2011, aos 69 anos, em decorrência de um AVC.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share