Por que Sting considera ser um vocalista de heavy metal

Ex-integrante do The Police afirma ter um trabalho típico do gênero musical, mas com uma dose adicional de melodia

Sting compartilhou algumas reflexões sobre seu modo de cantar. E estabeleceu uma correlação nada convencional quando se pensa sobre sua obra: com o heavy metal.

Em entrevista ao canal de Rick Beato, músico e educador americano (com transcrição da Classic Rock), o artista declarou:

“A maioria dos cantores de heavy metal canta com um registro bem alto. Então, eu sou um cantor de heavy metal, apenas tenho um pouco mais de melodia. Para se sobressair em meio ao barulho da banda você precisa desse registro. Não dá para ser um barítono em uma banda de rock.”

Ao explicar sua abordagem vocal, Sting usou uma referência militar.

“É como canalizar um sargento, com sua gritaria no campo. Sabe o motivo de serem assim? Por que eles precisam superar o som da artilharia na batalha. Precisam ser ouvidos. Cantores têm a mesma necessidade.”

Sting e o fim do The Police

Em outro momento da conversa, o baixista e vocalista também falou sobre o momento em que decidiu abrir mão do The Police em seu auge para lançar a carreira solo.

“Meu instinto disse que havíamos conquistado tudo que poderíamos imaginar que conseguiríamos. Depois disso, a satisfação é cada vez menor. Então, eu precisava correr outro risco com a minha vida. E é claro que o sucesso da banda ajudou. O que quer que eu fizesse a seguir, as pessoas ficariam pelo menos curiosas. Isso serviu como impulso. Foi um risco, mas penso que arte é sempre sobre arriscar. Se você não corre riscos não vale a pena.”

“The Bridge”, trabalho solo mais recente do músico, saiu no último dia 19 de novembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
2
Share