Foto: Clay McBride

Mastodon boicota sites que publicaram fala homofóbica de Brent Hinds, diz jornalista

Músico havia usado expressões preconceituosas para falar sobre fãs de outra banda, o Disturbed; colegas pediram desculpas em comentário nas redes

Conforme apontado pelo Whiplash.Net, Ben Umanov, um dos criadores do conceituado site MetalSucks – onde escreve usando o pseudônimo Vince Neilstein –, disse que o Mastodon tem boicotado páginas que deram cobertura à recente declaração homofóbica do guitarrista Brent Hinds.

Em entrevista ao podcast The Jasta Show, apresentado por Jamey Jasta, vocalista do Hatebreed, o músico havia falado sobre uma turnê em 2008, quando sua banda tocou com o Disturbed.

“Tivemos que tocar para pessoas que gostam de Disturbed, toda essa m*rda gay. Um bando de americanos bêbados.”

Os colegas de Brent pediram desculpas pela declaração em um comentário nas redes sociais, enquanto Jasta tirou o episódio do ar. Porém, de acordo com Ben, parece que eles não se sentiram tão constrangidos assim.

“O Mastodon está boicotando sites que escreveram sobre os comentários homofóbicos do Brent Hinds. Chamaram nossa cobertura de ‘negativa e ofensiva’. No caso de vocês quererem saber como a indústria do metal realmente funciona…”

O criador do MetalSucks ressaltou não acreditar que Brent realmente seja preconceituoso contra a comunidade LGBTQIA+, se tratando de um homem velho com linguajar infantil que não tenha noção do poder de suas palavras. Ele ainda deixou claro que Hinds deveria ter tomado a atitude de pedir desculpas, ao invés de deixar que seus colegas de banda o fizessem.

O Mastodon não se pronunciou sobre a declaração do jornalista. “Hushed and Grim”, novo da banda, foi lançado no último dia 29 de outubro. O trabalho chegou ao top 20 em cinco paradas europeias, com destaque para o décimo lugar na Alemanha e Noruega.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
2
Share