Marillion pede que fãs ajudem a pagar a próxima turnê

Companhias de seguro não se responsabilizam por excursões no momento, o que complica viabilidade dos shows

Considerando as peculiaridades do momento atual, o Marillion resolveu recorrer aos fãs para bancar sua próxima turnê britânica por meio de uma iniciativa de financiamento coletivo (crowdfunding). Os shows estão marcados para ocorrer entre 14 e 27 de novembro.

Como as companhias de seguro não estão negociando com excursões durante a pandemia de Covid-19, os músicos não possuem qualquer tipo de garantia caso precisem cancelar shows devido a possíveis contaminações.

Caso isso aconteça, é possível que venham a arcar com um prejuízo em torno de 150 mil libras, incluindo quebras de contratos, transportes, hospedagens previamente reservadas e pagamentos de equipes de som e luz.

Em comunicado, o Marillion explica:

“Por conta de não termos feito nenhuma atividade pública nos últimos anos, ficamos em uma situação precária. As pré-vendas do novo álbum, ‘An Hour Before It’s Dark’, nos permitiram finalizar as gravações, mandar fabricar o material físico e lançar ano que vem. Agora precisamos dos fãs novamente.

Vocês nos ajudaram a difundir o crowdfunding na música e agora podem se tornar nossa própria companhia de seguro. Se conseguirmos finalizar a agenda sem usar o fundo, todo o dinheiro será devolvido. Caso contrário, vocês nos auxiliaram nesse momento difícil.”

A colaboração pode ser feita diretamente no site da banda.

Marillion e o financiamento coletivo

O Marillion é pioneiro no uso do financiamento coletivo no mundo da música. A primeira vez que a banda contou com a ajuda do público foi em 2001, com o álbum “Anorakphobia” sendo totalmente bancado pelos fãs.

Desde então, o grupo se vale da modalidade, garantindo privilégios aos apoiadores. A ação rendeu premiações ao tecladista Mark Kelly, idealizador do projeto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
1
Share