Mãe de aluno pede que diretora seja transferida de escola por gostar de Iron Maiden

Abaixo-assinado foi criado na tentativa de afastar Sharon Burns de sua função em colégio no Canadá; outra petição circula em apoio à fã de heavy metal e reúne bem mais assinaturas

Uma fã de heavy metal, mais especificamente de Iron Maiden, que trabalha como diretora de um colégio em St. Catharines, cidade em Ontário, no Canadá, é foco de um pedido de transferência forçado. A petição foi publicada no Change.org com o título “Diretora da Eden High School, Sharon Burns, precisa ser transferida imediatamente!”.

Conforme publicado pelo iHeartRadio, a mãe de um aluno, Debbi Lynn, criou o documento depois que Sharon Burns postou uma foto com uma bandeira do Iron Maiden em suas redes sociais. Outra imagem publicada pela profissional de educação mostra um boneco do mascote Eddie junto de uma folha de papel com o número “666” escrito dentro de um coração.

Até o momento, 326 pessoas assinaram a petição. Segue o texto:

“Como pais preocupados com crianças impressionáveis ​​na Eden High School em St. Catharines, Ontário, estamos profundamente perturbados que a diretora designada para a escola mostrou descaradamente símbolos satânicos e sua fidelidade às práticas satânicas em suas plataformas públicas de mídia social, onde todos os alunos podem ver.

Nossa escola é baseada na inclusão, porém, exibir abertamente símbolos satânicos em uma plataforma de mídia social pública vai diretamente contra os princípios da grande maioria das famílias que representam a instituição.

Como pais, estamos exigindo que ela seja transferida para outra escola. Substituam-na por outro diretor que se alinhe aos valores das famílias do Eden, não sabote o ensino ou a defesa desses valores e não tente apresentar alunos impressionáveis ​​a práticas e simbolismos satânicos.

Forneceremos mais imagens em caso de mais dúvidas. É possível ver a exibição flagrante do símbolo 666 em uma captura de tela de sua postagem nos comentários abaixo.”

Veja, a seguir, as imagens publicadas por Sharon Burns em suas redes sociais:

Outra petição apoia diretora

Posteriormente, outro abaixo-assinado foi criado em apoio à diretora. A iniciativa foi assinada por mais de 5,5 mil pessoas, até o fechamento desta matéria, pedindo que a escola a mantenha. Confira o texto:

“Recentemente, houve uma petição para remover a diretora da escola secundária Eden. É ridículo que alguns pais apenas julguem seu papel como diretora com base em uma postagem no Instagram sobre gostar da banda Iron Maiden. A Eden High School é uma escola pública, não uma escola cristã. Se de alguma forma você não gosta do diretor da escola do seu filho, neto, parente etc, envie-os para outra.

A diretoria tem feito esforços para lembrar aos alunos que a Eden é um lugar diverso. Ela até transformou uma sala inteira em um espaço de oração para alunos que praticam outras religiões que não o cristianismo, como o Islã. Ela faz da Eden espaço seguro para muitas pessoas. Não espalha nada além de amor e bondade, e é provavelmente uma das melhores e mais entusiastas diretoras que a escola já teve. Se você gostaria de trazer alguma luz a toda esta petição, por favor, considere assiná-la!”

1 comentário
  1. A diretora continuará na escola porque a maioria dos pais está com ela. Cabe aos pais queixosos educarem seus filhos para que não se deixem influenciar por quaisquer coisas que eles considerem errado. Iron Maiden… Também sou fã da banda. Engraçado! Aqui, no Brasil, nos preocupamos com o ritmo patrocinado pelo tráfico de drogas, o maldito funk, que grassa em meio aos alunos e professores das escolas. No Canadá, alguns se preocupam com o Iron Maiden!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
172
Share