Braia, projeto de Bruno Maia (Tuatha de Danann), exalta Minas Gerais em novo álbum

Explorando cultura mineira, trabalho busca estabelecer diálogo entre música brasileira, cultura popular, tradição irlandesa e rock progressivo

O Braia, projeto liderado pelo multi-instrumentista Bruno Maia (Tuatha de Danann), lançou seu segundo álbum “Braia…e o mundo de cá”. Focado em sonoridades que remetem ao estado de Minas Gerais, de onde vem Maia, o trabalho é descrito como “um prazeroso jorro de música regional fresca com origens ancestrais e muita história”.

Com 10 faixas e mais duas bonus tracks, o álbum promete estabelecer um diálogo instrumental entre a música brasileira, cultura popular, tradição irlandesa e o rock progressivo. Os temas referenciam aspectos e fatos da memória e história brasileira, principalmente do imaginário cultural mineiro, como a Guerra dos Emboabas, a corrida do ouro, Diadorim, entre outros.

- Advertisement -

A música se aprofunda em ritmos e expressões como samba, ijexá, baião, música mineira, moda de viola. Há, ainda, a influência irlandesa típica dos trabalhos do Tuatha de Danann, presente em gaitas de fole, rabecas irlandesas e fraseados típicos das tradicionais jigs e reels.

Tanto no disco físico quanto no site oficial, é possível ler os textos que Bruno escreveu explicando o porquê das escolhas dos títulos das obras. Ouça “Braia…e o mundo de cá” a seguir, via Spotify:

“Porteiras abertas”

Em material de divulgação, Bruno Maia – que produziu o CD e tocou violão, viola caipira, banjo, bouzouki, bandolin, flautas irlandesas, escaleta, guitarra e teclados – conta que se apaixonou pela cultura celta ainda na infância, por conta de um desenho animado do Rei Arthur que passava na TV no fim dos anos 1980. Montou a banda Tuatha de Danann em Varginha, em 1996, pioneira nacional no estilo folk metal (heavy metal com música folclórica irlandesa), lançando álbuns e realizando turnês no Brasil e na Europa. Também em Varginha, organizou por 19 anos o festival Roça’n’Roll.

Leia também:  12 bandas que você nunca ouviu falar, mas que lançaram boas músicas hoje (21/06)

“No Braia, eu me sinto mais livre. Parece que as porteiras estão todas abertas e eu posso ir e voltar pela vereda que eu quiser que ainda estarei em casa. Já no Tuatha de Danann, embora tenhamos total liberdade de criação e autonomia, estou inserido dentro de um universo categorizador que, querendo ou não, tem seus limites e uma origem mais bem delineada. Com o Braia, posso fazer música celta, baião, moda de viola e mesmo rock sem pertencer a qualquer um destes estilos.”

O primeiro disco do grupo, “Braia…e o mundo de lá”, foi lançado em 2007 no Brasil e na França, e conquistou o Prêmio Mineiro de Música Independente. A turnê veio em seguida, o que rendeu um DVD ao vivo.

Neste trabalho inicial, cantado em português, as letras apresentavam motes da cultura celta: fadas, duendes, autores irlandeses como James Joyce e W.B.Yeats e magia em geral. Uma pequena ponte separa esses dois universos, segundo Bruno.

“Neste disco novo, embora a influência celta e da tradição musical irlandesa esteja talvez até mais presente que no primeiro trabalho, o enfoque, agora, foi maior na brasilidade, em ritmos e nuances da música brasileira e, por isso mesmo, o título veio contrapor ao título do anterior. Se antes evidenciávamos o ‘mundo de lá’, agora é a vez do ‘mundo de cá’.”

Braia…e o mundo de cá

  1. Sabarabuçu Set
  2. Rio das Mortes
  3. Diadorina
  4. Trem do Rio
  5. Quebranto Cataguá
  6. Capão da Traição
  7. Pai Ambrósio
  8. Puizé celta, uai!
  9. Tira-couro
  10. Um Besouro na Esquina
  11. Tempos Idos 2021
  12. Tumbero
  • Feito através da Lei Aldir Blanc – Minas Gerais e de um grupo de apoiadores
  • Bruno Maia (violão, viola caipira, banjo, bouzouki, bandolin, flautas irlandesas, escaleta, guitarra e teclados)
  • Alex Navar (gaita de fole irlandesa)
  • Anderson Silvério (contrabaixo)
  • Fabrício Altino (bateria)
  • Rafael Castro (teclados)
  • Participações de Felipe Andreoli (contrabaixista da banda Angra) e Daiana Mazza (violino)
  • Produção: Bruno Maia
  • Loja virtual: braia.net.br
ESCOLHAS DO EDITOR
InícioLançamentosBraia, projeto de Bruno Maia (Tuatha de Danann), exalta Minas Gerais em...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades