Wendy Dio vivia dizendo para Tim “Ripper” Owens sair do Iced Earth

Viúva de Ronnie James Dio gerenciava carreira do cantor na época – e já via problemas na banda de Jon Schaffer

A entrada de Tim “Ripper” Owens no Iced Earth parecia a junção perfeita para os fãs. Afinal, o cantor havia saído do Judas Priest para a volta de Rob Halford e precisava prosseguir com a carreira. E não havia outra banda americana de heavy metal tradicional tão em alta à época, após uma sequência de discos arrasadora.

Porém, nem tudo que parece bom na teoria funciona na prática. Após quatro anos e dois álbuns de estúdio, o vocalista foi convidado a se retirar para a volta de seu antecessor, Matt Barlow. O momento foi recordado em entrevista ao Metal Mythos Aftershock, transcrita pelo Blabbermouth.

“Não foi uma despedida muito boa. Eu estava me preparando para ir encontrar Jon (Schaffer, guitarrista e líder do grupo) e gravar um novo álbum. Voltei para minha casa para pegar algo. De repente, chegou um e-mail dizendo: ‘Você está demitido’, algo assim. Ele enviou a mesma mensagem à imprensa. Não foi uma maneira correta de agir nessa situação. Faltavam duas semanas para o natal.”

Wendy Dio sugeria saída do Iced Earth

A insatisfação de Schaffer já havia sido explicitada, como Ripper recorda. Chegou ao ponto de sua empresária, Wendy Dio, recomendar que ele saísse da banda antes mesmo de ter sido mandado embora.

“Duas semanas antes, Jon me enviou um e-mail dizendo: ‘escute, eu realmente preciso te ensinar como ser um frontman e como fazer as coisas’. Wendy Dio, minha empresária à época, ficou fora de si. Ficava dizendo: ‘sai dessa coisa, cara, você tem que sair’. E foi uma pena que terminou assim. Fiquei meio triste, mas a vida continua. Dois dias depois eu estava gravando um álbum com Yngwie Malmsteen. Tudo acontece por uma razão.”

Jon Schaffer e Tim “Ripper” Owens hoje

Enquanto Jon Schaffer segue encrencado com a justiça após ter participado da invasão ao Capitólio, Tim “Ripper” Owens e Matt Barlow uniram forças. Os dois vocalistas registraram um dueto na música “Monster’s Lament”, que estará no próximo disco do Ashes of Ares. O lançamento de “Emperors and Fools” acontece dia 21 de janeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share