Lançamentos

Playlist: boas músicas e 25 álbuns de rock e metal lançados nesta sexta (11/9)



Na playlist a seguir, apresento músicas lançadas nesta sexta-feira (11), bem como ao longo da semana, que chamaram minha atenção. São, no geral, boas recomendações que se destacaram no meu gosto – e que podem te convencer também.

Também faço, abaixo, algumas recomendações de álbuns divulgados nesta sexta (11), além de listar outros discos que chegam a público nesta data.

Lembrando, ainda, que a playlist de lançamentos é atualizada semanalmente. Sempre às sextas-feitas, também publico a lista de novos álbuns aqui no site.

Ouça a playlist:

>>> Ou clique aqui para acessá-la direto no Spotify.

Novas músicas de destaque desta playlist:

  • Faixas isoladas dos novos álbuns de Marilyn Manson, Ihsahn, Mastodon, Neal Morse, Epica e Dead Quiet, entre outros.
  • Novos singles de Bruce Springsteen, Hatebreed, Fish, Songhoy Blues, New Order e John Diva & The Rockets Of Love, além das brasileiras Deaf Swan, Luxúria, Tiregrito e Flora Colônia, entre outros.

Depois, não deixe de conferir:

Álbuns de destaque

Marilyn Manson – “We Are Chaos”

Duas situações extracampo me chamam atenção em “We Are Chaos“. A primeira é: Marilyn Manson lançou um de seus álbuns mais sóbrios e sinceros no momento mais caótico da sociedade em décadas. Ok, o material já estava pronto antes da pandemia, mas ainda é curioso ouvi-lo tão centrado em tempos tão complicados.

A segunda faz referência à carreira de Marilyn Manson no total: o cantor, que sempre chamou atenção por elementos fora da música, tem se mostrado um artista de mão cheia justo na última década, quando sua popularidade deixou de ser a mesma de outros tempos. Parece que Manson precisava abdicar um pouco do circo shock rock de seu entorno para crescer criativamente.

“We Are Chaos” dá continuidade à evolução artística que Manson encontrou depois de tanto tempo. Volta a destacar sua obra em vez do espetáculo em volta. Desta vez, em uma abordagem mais minimalista e menos heavy, que, talvez, pode ter influência do produtor Shooter Jennings, o músico de country mais rock and roll da atualidade.

As referências a um rock mais clássico, que flerta com o alternativo e até com o glam rock, são evidentes. A pegada art de David Bowie parece ser o fio condutor, mas com o elemento pitoresco que uniformiza a obra de Manson.

Cabe destacar, ainda, as letras mais pessoais e até viscerais do vocalista, que disse, em material de divulgação que “We Are Chaos” é “um espelho” para qual nem ele, nem Shotter Jennings olharão. Não deveria. Um bom álbum com esse merece bons olhares – e audições.

Ihsahn – EP “Pharos”

A carreira solo de Ihsahn, frontman do Emperor, é uma delícia. O músico deixa o black metal de sua banda de origem e aposta em uma veia mais progressiva, contemplativa e até afável em alguns momentos.

O ponto alto de tal delicadeza sonora está em “Pharos”, novo EP que serve como uma continuação para o compacto anterior, “Telemark”, lançado há alguns meses. Os dois materiais são complementares: o mais antigo representa a escuridão, enquanto este lançado hoje traz uma espécie de luz.

A sonoridade reflexiva e prog de “Pharos” ganhou um contorno mais aberto, com melodias em tonalidades maiores e forte influência dos trabalhos recentes do Opeth. As três faixas autorais se destacam e os dois covers – “Roads”, do Portishead; e “Manhattan Skyline”, do A-ha, com participação de Einar Solberg – divertem.

“Pharos” soa interessante e é ainda mais curioso ouvi-lo logo após “Telemark”. Ainda que os dois trabalhos não componham um álbum, vale a audição conjunta de ambos os materiais, um depois do outro.

Em ordem alfabética, os álbuns de rock e metal lançados nesta sexta-feira, 11 de setembro:

  • Aborted Fetus (death metal) – “Pyramids Of Damnation”
  • Block of Flats (indie rock) – EP “Flashback & Memories”
  • Cloudkicker (post-metal) – “Solitude”
  • Crackups (garage rock/alternativo) – “Greetings From Earth”
  • Dance Laury Dance (hard rock) – “C’est Ça”
  • Darkened (death metal, com membros do Grave) – “Kingdom of Decay”
  • Dead Quiet (stoner metal) – “Truth and Ruin”
  • Deaf Swan (banda brasileira de stoner rock/metal) – EP Farewell, Planet Earth
  • Demolizer (thrash metal) – “Thrashmaggedon”
  • Epica (power metal) – álbum de raridades “The Quantum Enigma (B-Sides)”
  • Eskimo Callboy (metalcore) – EP “MMXX”
  • Grid (grindcore) – “Livsleda”
  • Mastodon (progressive/sludge metal) – coletânea “Medium Rarities”
  • Neal Morse (rock progressivo) – “Sola Gratia”
  • Night (heavy metal) – “High Tides-Distant Skies”
  • Skeletal Remains (death metal) – “The Entombment of Chaos”
  • Susanna (art rock) – “Baudelaire & Piano”
  • The Flaming Lips (rock alternativo) – “American Head”
  • Tomorrow’s Rain (doom metal) – “Hollow”
  • Tora (soul/pop rock) – “Girls”
  • Uniform (noise rock) – “Shame”
  • Void Rot (death/doom metal) – “Descending Pillars”

>>> Bônus – registros ao vivo, coletâneas e mais

  • Johnny Thunders (hard rock) – relançamento “Que Sera Sera: Resurrected”
  • Skillet (metal alternativo) – versão deluxe “Victorious: Aftermath”
  • Stray Cats (rockabilly) – ao vivo “Rocked This Town: From LA to London”

>>> Para saber todos os álbuns que serão lançados em 2020, acesse a lista clicando aqui. O material é atualizado frequentemente, então, salve em seus favoritos!

* Siga IgorMiranda.com.br no Instagram, Facebook e Twitter.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *