Vendas de discos de vinil devem superar as de CDs pela 1ª vez em 33 anos

Um relatório divulgado pela Recording Industry Association of America’s (RIAA), que faz o levantamento do comércio fonográfico nos Estados Unidos, aponta que a arrecadação com venda de discos de vinil pode superar a de CDs em 2019. Trata-se da primeira ocasião em 33 anos – desde 1986 – em que a marca seria batida pelos LPs.

Segundo o levantamento da RIAA, as vendas de discos de vinil geraram arrecadação de US$ 224,1 milhões (R$ 913,2 milhões) em 8,6 milhões de unidades, na primeira metade de 2019. O número está próximo, mas ainda não supera os US$ 247,9 milhões (R$ 1,01 bilhão) das 18,6 milhões de unidades de CDs comercializadas no mesmo período.

- Advertisement -
Leia também:  Roberto Frejat faz 62 anos; veja outros fatos da música em 21 de maio

O diferencial está no crescimento: as revendas de discos de vinil cresceram 12,8% no segundo semestre de 2018 e 12,9% nos 6 primeiros meses de 2019. Já a comercialização de CDs segue estável, sem crescimento.

Caso a tendência seja mantida, os LPs vão render mais dinheiro do que CDs. Em unidades, os discos de vinil são menos vendidos, mas como os produtos são mais caros, a arrecadação é diferenciada.

O streaming, por sua vez, segue dominando o mercado musical, com 62% das revendas, enquanto que os LPs representaram apenas 4% do total.

É importante reforçar que todos os dados acima dizem respeito ao contexto dos Estados Unidos. Contudo, a tendência pode ser a mesma em outros países, já que os EUA são o principal mercado fonográfico do mundo.

Leia também:  Mulher desiste de processo contra Tommy Lee por abuso com intenção de acioná-lo novamente
ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasVendas de discos de vinil devem superar as de CDs pela 1ª...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades