Curiosidades Destaque

John Frusciante, do Red Hot Chili Peppers, tentou ajudar Layne Staley com sobriedade


O site Alternative Nation resgatou uma história do livro “Running with Monsters: A Memoir”, de Bob Forrest, vocalista do Thelonious Monster e The Bicycle Thief. O cantor relatou na obra que ele e o guitarrista John Frusciante, do Red Hot Chili Peppers, tentaram ajudar a resgatar a sobriedade do frontman do Alice In Chains, Layne Staley, que sofria de depressão e morreu de overdose de heroína e cocaína em 5 de abril de 2002, aos 34 anos.

A situação relatada no livro remete a meados de 1999 ou 2000, poucos anos antes de Layne Staley falecer. Bob Forrest, inclusive, foi quem ajudou em 1998 a retomar a sobriedade de Frusciante – que relutou em visitar Staley, já que não se considerava um exemplo no assunto, mas acabou participando após insistência de Forrest.

Inicialmente, Bob ligou para a mãe de Layne, Nancy, e disse que tentaria ajudar, embora reconhecesse que a visita poderia não ter eficácia alguma. Ela respondeu: “Layne tem um senso de humor estranho. Eu contei a ele que John sofreu uma gangrena e ele falou: ‘No braço? Mãe, isso é terrível. John é guitarrista, precisa das mãos e braços. Já eu, sou apenas um cantor, posso ficar sem eles’. Sei que ele estava brincando, mas não gosto de ouvir isso. Você pode tentar falar com ele?”.

– A complicada 1ª saída de John Frusciante do Red Hot Chili Peppers

Dispostos a ajudar, Forrest e Frusciante foram à casa de Staley em Seattle. No livro, é relatado que o vocalista do Alice in Chains estava “com a mente ainda funcionando, mas a um milhão de quilômetros de distância” da realidade.

Eles jogaram videogame juntos e Layne Staley, que afirmou estar “tudo bem” com ele, “fingiu” ouvir os conselhos e disse “saber por que” os dois estavam ali. Após irem embora, Bob Forrest lembra de ter dito a John Frusciante: “não acho que ele sairá disso”. A resposta do guitarrista foi: “É a vida dele, cara”.

Layne Staley acabou falecendo em 2002 e Bob Forrest se desiludiu. Ele afirmou que pensava ser possível salvar alguém do vício com amor, mas que não conseguiu resgatar Staley, mesmo o amando.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Apaixonado por rock desde a pré-adolescência, começou a escrever sobre música na internet em 2007. Anos depois, co-fundou o site Van do Halen e trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia. Atualmente, é redator-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia sites como o Cifras, Ei Nerd e outros. Também é redator do Whiplash.Net, o maior site de rock e heavy metal do Brasil.
http://igormiranda.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *