Destaque Lançamentos Listas

10 álbuns e músicas de rock e metal lançados nesta sexta (15/3) que chamam a atenção


Nessa breve lista comentada, divulgo álbuns e músicas lançados nesta sexta-feira (15) que chamaram a minha atenção. São, no geral, boas recomendações que se destacaram no meu gosto – e que podem te convencer também.

Ouça, a seguir, 10 álbuns e músicas de rock e metal lançados nesta sexta-feira, 15 de março – ou durante a semana -, que chamaram a minha a atenção.

Depois, não deixe de conferir:
– 130 álbuns que estão sendo lançados em março
– 80 discos que chegaram em fevereiro

Álbuns

Joanne Shaw Taylor – “Reckless Heart”: Dona de uma carreira consistente, a guitarrista e vocalista britânica Joanne Shaw Taylor lançou seu sétimo álbum – uma marca de produtividade impressionante para alguém com pouco mais de 30 anos. Mais uma vez, ela não decepciona: o disco coloca o blues rock na linha de frente, com uma pitada de soul music em algumas faixas. Não há música ruim aqui.

Gary Hoey – “Neon Highway Blues”: Conhecido por sua carreira solo e pelo breve trabalho com a banda Heavy Bones (com Frankie Banali), o guitarrista Gary Hoey apostou forte no blues em seu novo trabalho, mas sem deixar de explorar o hard rock que o consagrou nos momentos iniciais da carreira. Foi até uma surpresa, já que os singles indicavam um trabalho 100% bluesy, mas há faixas mais pesadas no decorrer do trabalho.

Rossi/Rickard – “We Talk Too Much”: Ainda a frente do Status Quo, o incansável guitarrista e vocalista Francis Rossi ainda encontra tempo para se dedicar a projetos paralelos. Este, com a violinista Hannah Rickard, diverte na proposta um pouco diferente: country rock com forte (e óbvia) presença do violino. Não vai mudar sua vida, mas vale o play de forma descompromissada.

Athanasia – “The Order Of The Silver Compass”: Guitarrista da primeira formação do Five Finger Death Punch, Caleb Bingham deixou a banda antes de seu primeiro álbum ser gravado. Após rodar por outras bandas, ele resolveu montar a sua, também assumindo os vocais. Com o baixista Brandon Miller e o baterista Jason West (Murderdolls, Wednesday 13, Sebastian Bach), o grupo lançou seu primeiro álbum apostando num heavy metal que transita entre o tradicional e o contemporâneo, com direito a um breve momento de voz gutural. O conjunto de faixas não é tão atrativo quanto os singles divulgados anteriormente – em especial, “Spoils Of War” -, mas é o bastante para mostrar que o projeto tem potencial.

Foreigner – “Live At The Rainbow ’78”: Esse registro ao vivo, datado de 1978 e com versões em CD, DVD e Blu-Ray, está na lista porque não se deve desperdiçar qualquer oportunidade para se ouvir o fantástico vocalista Lou Gramm. No entanto, a gravação deixa a desejar, pois está cristalina demais para um registro daqueles tempos. Soa como se a parte instrumental tivesse sido refeita por completo. Vale uma audição mais cautelosa.

Músicas

Burning Rain – “Face The Music”: A faixa que dá título ao próximo álbum dessa injustiçada banda de hard rock deve ser o single final antes do álbum sair, já na próxima sexta-feira (22). É uma canção típica do grupo, com a guitarra de Doug Aldrich (The Dead Daisies, ex-Whitesnake e Dio) na linha de frente. E os vocais de Keith St. John (Kingdom Come, ex-Montrose), novamente, soam certeiros.

Mustasch – “Blood In Blood Out”: O Mustasch é, na minha opinião, uma das bandas mais regulares do heavy metal. Falta um trabalho excepcional na sua boa discografia, mas isso pode mudar com o álbum que contém essa boa música, lançada hoje. Vale muito a pena conferir.

The Mute Gods – “One Day”: Essa boa banda de rock progressivo é formada por Nick Beggs nos vocais, guitarra e baixo; Marco Minnemann na bateria e Roger King nos teclados. O novo single, que conta com participação do gigante Alex Lifeson (Rush), flerta mais com o classic rock do que com o prog. Talvez seja por isso que tenha me agradado. O novo álbum, “Atheists And Believers”, sai na próxima sexta-feira.

Robin Trower – “Diving Bell”: Outro álbum que está para chegar na sexta (22) é “Coming Closer To The Day”, de Robin Trower. O ex-guitarrista do Procol Harum tem convencido com os singles, especialmente pelas boas guitarras gravadas em suas composições bluesy.

Michael Schinkel’s Eternal Flame – “Tease My Love”: Todo “projeto de Yngwie Malmsteen” costuma convidar algum ex-vocalista que tenha trabalhado na banda do guitarrista para cantar em suas músicas, mesmo que seja em uma participação bem econômica. O caso de Michael Schinkel é diferente. Em “Tease My Love”, fez sentido chamar Göran Edman. A música é um hard rock de melodia bem ganchuda e com os solos característicos que todo fã de Malmsteen gosta, mas sem os exageros de seus tempos atuais. No álbum “Smoke On The Mountain”, que sairá em 18 de maio, o cantor Mark Boals também registra colaboração.

Outros álbuns lançados nesta sexta-feira, 15 de março (todos estão disponíveis em plataformas de streaming):

  • Any Given Day (metalcore) – “Overpower”;
  • Brian Jonestown Massacre (rock psicodélico) – “Brian Jonestown Massacre”;
  • Former Wrestlers (metal alternativo) – EP “Champion of the World”
  • Noisem (grindcore) – “Cease To Exist”;
  • Fallujah (technical death metal) – “Undying Light”;
  • Herod (sludge metal) – “Sombre Dessein”;
  • Vanish (rock alternativo) – “Familiar Faces”;
  • The Bouncing Souls (punk rock/pop) – EP “Crucial Moments”;
  • Asthma Castle (stoner metal) – “Mount Crushmore”;
  • Angel Du$t (punk rock/pop) – “Pretty Buff”;
  • Louise Lemón (indie soul/rock) – “A Broken Heart Is An Open Heart”;
  • Hannes Grossmann (death metal) – “Apophenia”;
  • Venom Prison (deathcore) – “Samsara”
  • Contrarian (death metal progressivo) – “Their Worm Never Dies”;
  • Mägo de Oz (folk metal) – “Ira Dei” (saiu em 8 de março, mas vale a menção).

Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Apaixonado por rock desde a pré-adolescência, começou a escrever sobre música na internet em 2007. Anos depois, co-fundou o site Van do Halen e trabalhou como repórter do jornal Correio de Uberlândia. Atualmente, é redator-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia sites como o Cifras, Ei Nerd e outros. Também é redator do Whiplash.Net, o maior site de rock e heavy metal do Brasil.
http://igormiranda.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *