Destaque Notícias

Internauta critica Samuel Rosa, cita ‘Macaco Cidadão’ e é corrigido



O vocalista Samuel Rosa, do Skank, teve de corrigir um internauta após uma gafe nos comentários de uma publicação no Instagram.

Tudo começou quando Samuel Rosa fez uma publicação a respeito do julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) a respeito da criminalização da homofobia. O músico divulgou uma imagem com os dizeres: “Hoje, o STF decide (depois de 6 anos) se homofobia é crime. #ÉCrimeSim. Respeito não é questão de opinião. É justiça!”. Na legenda, Rosa complementou: “Passou da hora, né? Chega!”.

Na seção de comentários, um internauta fez críticas ao posicionamento de Samuel Rosa. “Para mim, isso tudo é frescura. O Skank tem uma música por nome chamado ‘Macaco Cidadão’… hoje você chamar uma pessoa de macaco é crime. Então, para mim, isso tudo não passa de uma frescura”, disse o seguidor, referindo-se, equivocadamente, à música “Pacato Cidadão”, do álbum “Calango” (1994).

A resposta de Samuel Rosa foi bastante direta. “PACATO cidadão. Por favor”, afirmou. E, claro, a repercussão da postagem foi ainda maior após o comentário de Rosa: até o fechamento desta matéria, havia mais de 16 mil curtidas e 4,4 mil comentários na publicação. Veja:

Uma publicação compartilhada por Samuel Rosa (@samuelrosaoficial) em


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *