Fox ficaria satisfeita com metade do faturamento de Bohemian Rhapsody

Os principais executivos da Fox ficariam satisfeitos se “Bohemian Rhapsody”, cinebiografia sobre o Queen, tivesse apenas metade de seu faturamento. A revelação foi feita por Chris Aronson, presidente de distribuição doméstica da empresa, em entrevista ao Hollywood Reporter.

Atualmente, o faturamento de “Bohemian Rhapsody” é estimado em US$ 798 milhões (cerca de R$ 2,98 bilhões). Porém, imagina-se que o rendimento total ultrapasse os US$ 800 milhões já neste fim de semana e US$ 830 milhões no total, mesmo considerando que o filme estreou em novembro de 2018 na maioria dos países – e já saiu de cartaz em boa parte dos cinemas por aí.

“Quando começamos, estaríamos dando cambalhotas se alguém dissesse que poderíamos chegar aos US$ 400 milhões. O que Graham King (produtor) fez não é nada menos do que um milagre: por manter a ideia viva durante 10 anos, segurar a banda no projeto, demitir o diretor (Bryan Singer) e chegar até o fim sem um diretor de fato”, afirmou Aronson.

– Bohemian Rhapsody é indicado a 5 categorias do Oscar 2019; veja

Bryan Singer foi demitido, durante os trabalhos de “Bohemian Rhapsody”, devido a uma série de problemas que ele teve com o elenco e com seu próprio trabalho. Atualmente, ele enfrenta diversas denúncias de abuso sexual, incluindo de menores de idade, e não deve voltar a trabalhar em Hollywood tão cedo.

O orçamento de “Bohemian Rhapsody” foi considerado modesto: US$ 51 milhões, em meio a tantos problemas em seu desenvolvimento. O projeto inicial chegou a contar com Sacha Baron Cohen no papel de Freddie Mercury, mas os envolvidos desistiram de Cohen após uma série de divergências e chamaram Rami Malek para o papel.

O faturamento estimado na casa dos US$ 800 milhões é quatro vezes maior que o de “Straight Outta Compton”, filme sobre o N.W.A. – e, até então, a cinebiografia mais lucrativa da história do cinema. Agora, “Bohemian Rhapsody” ostenta o título que era de “Straight Outta Compton” com sobras.

Além do bom rendimento em cifras, “Bohemian Rhapsody” também conquistou o reconhecimento da crítica especializada. O filme ganhou dois prêmios Globo de Ouro – Melhor Filme e Melhor Ator, para Rami Malek, e recebeu cinco indicações para o Oscar 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share