Curiosidades

Paul Stanley desmente que Eddie Van Halen quase tenha entrado para o Kiss



O vocalista e guitarrista do Kiss, Paul Stanley, desmentiu o histórico boato de que o guitarrista Eddie Van Halen, do Van Halen, quase entrou para o Kiss em 1982, após a saída de Ace Frehley. As bandas têm longa ligação porque o baixista do grupo mascarado, Gene Simmons, foi o responsável por “descobrir” o quarteto liderado pelos irmãos Eddie e Alex nos anos 1970 e produzir sua primeira demo – a ideia era que Simmons trabalhasse com eles nos bastidores, mas não teria tempo para se dedicar com sua carreira no auge.

“Eddie Van Halen não chegou perto de entrar para o Kiss. Ele veio ao estúdio. Acho que havia algum conflito no Van Halen e ele veio só para ver o que estava rolando. Lembro que ele curtiu muito o solo da música ‘Creatures Of The Night'”, afirmou Paul Stanley, em evento de perguntas e respostas realizado durante o Kiss Kruise, o cruzeiro do Kiss (transcrição via Blabbermouth).

– Kiss e Van Halen: desde os primórdios, uma relação estreita

O músico contou que Eddie Van Halen recomendou que o guitarrista que tocou na música “Creatures Of The Night” fosse o substituto de Ace Frehley. “Ele sugeriu que contratássemos o guitarrista daquele solo, Steve Farris, que estava na banda Mister Mister, que teve vários hits na época. Ele era ótimo. E Eddie estava curtindo teclados. Lembro que ele trouxe algumas demos em que estava trabalhando. Eu pensei: ‘esse cara é incrível na guitarra, o que ele está fazendo no teclado’. Esse foi o começo de ‘Jump’ e tudo que veio depois. Mas Eddie nunca esteve perto de entrar para o Kiss”, disse.

Curiosamente, o rumor de que Eddie Van Halen quase entrou para o Kiss sempre foi alimentado pelo próprio colega de Paul Stanley, Gene Simmons. Em uma entrevista à Guitar World, em 2014, o baixista confirmou a veracidade da história. “Ele falava sério. Estava tão feliz com a situação dele e de (David Lee) Roth. E as drogas estavam desenfreadas. Ele me levou para almoçar e disse: ‘quero entrar para o Kiss, não aguento mais brigar com Roth, estou cansado’. Mas eu disse: ‘Eddie, não há espaço o suficiente, você precisa estar em uma banda onde você possa direcionar a música e, no Kiss, você não ficará feliz'”, afirmou Simmons, na época.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *