Curiosidades Notícias

Peter Frampton revela que ganhou menos de US$ 2 mil por 55 milhões de streams



O guitarrista Peter Frampton destacou, em seu perfil no Twitter, como o pagamento por reproduções de música no meio digital pode ser injusto. O músico relatou ter recebido apenas US$ 1,7 mil (cerca de R$ 6,3 mil) por 55 milhões de streams da música “Baby I Love Your Way”, um de seus grandes hits.

Conforme revelam os números, cada dólar corresponde a pouco mais de 32 mil reproduções – um valor baixo para um mercado que atinge (e enriquece) tantas pessoas. “Por 55 milhões de streams de ‘Baby I Love Your Way’, eu recebi US$ 1,7 mil. Fui a Washington com a ASCAP (American Society of Composers, Authors and Publishers) no ano passado para conversar sobre isso com quem faz as leis. Os queixos deles caíram e pediram para que eu repetisse essa informação a eles”, afirmou.

For 55 million streams of, ‘Baby I Love Your Way’, I got $1,700. I went to Washington with ASCAP last year to talk to law makers about this. Their jaws dropped and they asked me to repeat that for them.

— Peter Frampton (@peterframpton) 4 de agosto de 2018

A publicação de Peter Frampton foi feita em resposta ao também músico David Crosby, que mostrou quanto ele recebeu por streams de suas músicas. Crosby relatou ter ganhado menos de US$ 5 por um milhão de reproduções de suas músicas. Veja, abaixo, a descrição dos valores expostos por David Crosby:

Napster (Rhapsody): US$ 0.019
Tidal: US$ 0.0125
Apple Music: US$ 0.00735
Google Play Music: US$ 0.00676
Deezer: US$ 0.0064
Spotify: US$ 0.00437
Amazon: US$ 0.00402
Pandora Premium: US$ 0.00133
YouTube: US$ 0.00069

Want numbers on the streaming system? Here you go: https://t.co/QFwIuz8Dll

— benmont tench III (@benchten) 4 de agosto de 2018

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *