Deep Purple cobra R$ 650 por meet & greet sem Ian Gillan

O Deep Purple lançou um novo pacote de meet & greet para a atual perna da “The Long Goodbye Tour”, que passa pela Europa. No entanto, a oferta tem causado polêmica por cobrar US$ 200 – cerca de R$ 650, na cotação atual – e, no encontro com os músicos, não contar com a presença do vocalista Ian Gillan.

No site VipShowTix, onde é possível adquirir o passe para o meet & greet, é listado que o pacote oferece a oportunidade de conhecer e tirar foto com os membros do Deep Purple, com exceção de Ian Gillan. Além disso, é oferecido autógrafo a um item pessoal, produtos de merchandise “VIP exclusivos” e itens comemorativos.

- Advertisement -

– Entrevista: Steve Morse fala sobre “adeus” do Deep Purple, Brasil e futuro

O pacote de meet & greet do Deep Purple não oferece ingresso para show – como habitual -, sendo imprescindível que se adquira a entrada para acompanhar a apresentação e participar do encontro. A proposta abrange as datas marcadas pela banda entre 30 de maio e 23 de julho.

Leia também:  Guns N’ Roses trabalha em material novo, segundo Duff McKagan

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasDeep Purple cobra R$ 650 por meet & greet sem Ian Gillan
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades