Sebastian Bach questiona diário de Nikki Sixx durante vício

Durante um evento de perguntas e respostas em Saint Vitus, Nova York, o vocalista Sebastian Bach falou sobre a sua biografia “18 And Life On Skid Row”, lançada no último dia 6 de dezembro. E questionou o diário publicado do baixista Nikki Sixx (Sixx:A.M. e ex-Mötley Crüe), “The Heroin Diaries” (traduzido para “Heroína e Rock n’ Roll” no Brasil) ao promover o próprio livro.

Bach comentou que não enxerga como alguém poderia se irritar com alguma história antiga de sua biografia – de “30 anos atrás”, segundo ele. “Quem liga? Há vários livros com citações sobre mim que ninguém me ligou para comentar sobre. Não pedi autorização para citar ninguém em meu livro”, afirmou.

- Advertisement -
Leia também:  Guitarrista da Allman Brothers Band, Dickey Betts morre aos 80 anos

O vocalista disse, ainda, que sequer se lembra perfeitamente do que é descrito na obra. “É como Nikki Sixx e ‘The Heroin Diaries’. Ele estava mesmo mantendo um diário enquanto estava no auge do vício em heroína?”, questionou.

Sebastian, então, simulou a injeção de heroína em seu braço, enquanto dizia “oh, me sinto incrível”. E explicou: “todos sabemos que é uma metáfora, uma licença artística que se utiliza”.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasSebastian Bach questiona diário de Nikki Sixx durante vício
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades