As músicas do Angra que Edu Falaschi admite não conseguir cantar mais

Vocalista vem realizando turnê dedicada a álbum ao vivo da banda, onde também executa material original de Andre Matos

Atualmente, Edu Falaschi realiza uma turnê onde celebra o álbum e vídeo ao vivo “Rebirth World Tour: Live in São Paulo”, do Angra. O grande atrativo fica por conta da execução de algumas músicas da fase anterior à sua entrada na banda, quando Andre Matos era o titular do microfone.

Em recente participação no Nordecast, de Darlison Rodrigues, o cantor reconheceu algumas dificuldades com parte do material antigo. E confessou haver algumas músicas as quais simplesmente não consegue mais interpretar.

- Advertisement -

Ele disse, conforme transcrição do Whiplash:

“Não tem nada que eu fale ‘não, não gosto’, porque as músicas do Angra são todas muito boas. Agora, existem aquelas que eu não consigo, que de fato não tem condição de eu cantar, que é a ‘Wuthering Heights’ da Kate Bush, é impossível eu cantar aquilo lá. Acho que ‘Stand Away’ também não consigo cantar, não tem como, porque é muito alto.”

Mesmo o grande hino da história do grupo, apesar de ainda figurar no setlist, é performado com algumas restrições.

“A ‘Carry On’ já é um limite, tem notas que eu não faço mesmo ao vivo, respeito meus limites. Mas eu faço a música normal, mudando uma melodia ou outra. Agora, tem outras músicas do Andre que simplesmente não tem como cantar, impossível, era mais ele mesmo. Lembro que até ele mesmo uma vez comentou que até pra ele mesmo era difícil cantar aquelas músicas. Então eu nem me arrisco, porque sei dos meus limites e não tenho problema em assumir e falar ‘cara, isso eu não consigo cantar’. Tem coisa do Andre que não dá, não tem como!”

Leia também:  Suicidal Tendencies e família crossover abrem turnê brasileira com show no Rio

A turnê “Rebirth Live in São Paulo Revisited” possui datas agendadas até o mês de outubro. O repertório também conta com músicas dos álbuns mais recentes de Edu, “Vera Cruz” (2021) e “Eldorado” (2023). Noturnall e Storia participam como atrações de abertura.

Angra e “Rebirth World Tour: Live in São Paulo”

Lançado em 2 de julho de 2002, “Rebirth World Tour: Live in São Paulo” foi gravado no dia 15 de dezembro do ano anterior, na casa de shows Via Funchal. Além das músicas da banda, contava com uma versão para “The Number of the Beast”, do Iron Maiden.

A turnê promovia “Rebirth” (2001), primeiro disco a contar com Edu, o baixista Felipe Andreoli e o baterista Aquiles Priester. O trabalho é, até hoje, o mais vendido da carreira do grupo. A história completa do registro e sua repercussão pode ser conferida clicando aqui.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasAs músicas do Angra que Edu Falaschi admite não conseguir cantar mais
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades