A reação de Pattie Boyd ao ouvir “Layla”, de Eric Clapton, pela 1ª vez

Então ainda casada com George Harrison, modelo britânica temeu que todos soubessem a verdade

Apesar de ter sido inspiração de hinos como “Something” e “Wonderful Tonight”, a vida de Pattie Boyd está bem mais atrelada na memória popular a “Layla”. O maior clássico do Derek and the Dominos é inspirado na paixão de Eric Clapton pela então esposa de George Harrison.

A música foi o fio condutor do álbum “Layla and Other Assorted Love Songs” (1970), o único do supergrupo. Embora não seja formalmente conceitual, o disco faz referência ao poema persa ‘Laila e Majnun’, de Nizami. Uma história de um amor proibido, tal qual Eric (que se colocou como Derek) se via com Pattie (a tal Layla).

- Advertisement -

Disse a modelo britânica em sua biografia, “Wonderful Today” (2007), conforme resgate do Far Out Magazine:

“Nos conhecemos secretamente em um apartamento em South Kensington. Eric me pediu para ir porque queria que eu ouvisse uma nova música que havia escrito. Ele ligou o toca-fitas, aumentou o volume e tocou para mim a música mais poderosa e comovente que já ouvi. Era ‘Layla’, sobre um homem que se apaixona perdidamente por uma mulher que o ama, mas não está disponível.”

Não é de se estranhar que Pattie tenha percebido o significado. Sua primeira reação foi de medo.

“Ele tocou para mim duas ou três vezes, enquanto observava atentamente meu rosto para ver minha reação. Meu primeiro pensamento foi: ‘Oh Deus, todo mundo vai saber que isso é sobre mim’.”

Leia também:  M. Shadows detona ex-gravadora por tentar criar viral do Avenged Sevenfold: “tenho 42 anos”

A dúvida e a decisão

Boyd confessou ter se sentido intrigada. Apesar de o casamento com George não estar em um bom momento, ela não queria simplesmente desistir de tudo para viver um novo amor. Ainda mais com alguém que era próximo aos dois.

“Eric vinha deixando claro seu desejo por mim há meses. Senti-me desconfortável por ele estar me empurrando em uma direção que eu não tinha certeza se queria ir.”

Porém, após muito refletir, houve o momento em que a ficha caiu – embora alguns anos tenham se passado até a decisão definitiva.

“Ao perceber que havia inspirado tanta paixão e criatividade, a música levou a melhor sobre mim. Eu não pude resistir mais.”

Eric Clapton, Pattie Boyd e “Layla”

Pattie Boyd se separou de George Harrison em 1974. No mesmo ano, passou a viver com Eric Clapton, até se casarem em 1979. Ficaram juntos até 1987, oficializando o divórcio em 1989.

Apesar de não ter alcançado boas posições nas paradas, “Layla and Other Assorted Love Songs” teve reconhecimento com o passar do tempo, ultrapassando 4 milhões de cópias vendidas em todo o mundo.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA reação de Pattie Boyd ao ouvir “Layla”, de Eric Clapton, pela...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades