Como Lemmy migrou da guitarra para o baixo

Experiência anterior do então roadie do Hawkwind era com as seis cordas, mas vaga para entrar na banda surgiu "no susto"

Lemmy Kilmister nunca foi o tipo de baixista retraído que todo mundo conhece. O saudoso líder do Motörhead creditava isso a ter sido um guitarrista no início da carreira, mas quando tocou com o Hawkwind, acabou migrando para o instrumento de quatro cordas.

A história foi contada pelo artista em entrevista para a revista Bass Player. Na ocasião, relembrou que havia trabalhado como roadie de Jimi Hendrix e fazia o mesmo para o Hawkwind. Àquela altura, o baixo praticamente “caiu em seu colo”.

- Advertisement -

Ele disse:

“O baixista deles não queria tocar em shows gratuitos, já que não seria pago. Mas ele costumava deixar seu baixo no caminhão de equipamentos, o que é mais ou menos como dizer: ‘por favor, roube minha vaga’. Então eu peguei o baixo emprestado e roubei a vaga.”

Sem experiência, Lemmy contou que só recebeu algumas dicas antes do primeiro show e logo subiu no palco. Naquele momento, definitivamente não sabia tocar, mas aprendeu ali mesmo, com a banda ao vivo.

“Recebi alguns conselhos do saxofonista Nik Turner antes do primeiro show. Ele disse: ‘faça alguns barulhos em mi (E)’. O que é mi? Eu sabia onde mi estava na guitarra, mas não nesta coisa. Dei um jeito de qualquer forma e foi lá que aprendi a tocar baixo, no palco com o Hawkwind. Eu realmente não me lembro como foi esse primeiro show. Nunca tinha tocado baixo na vida antes e estava petrificado, mas você descobre se vai ser um baixista ou não naquela primeira hora e meia, pode acreditar em mim.”

A grande diferença

Para Lemmy, além da experiência como guitarrista anteriormente, havia ainda a questão de fazer um acompanhamento para o solo. Essa forma de pensar a música o tornava também diferente dos baixistas comuns, além da atitude e do som em si.

Leia também:  A dura crítica de Serj Tankian ao Imagine Dragons por show no Azerbaijão

“Eu nunca planejei ser um baixista. Eu planejo ser um ‘acompanhador’ e tem uma diferença nisso. Eu notei que todas as bandas têm solos de guitarra e tudo cai aos pedaços quando o solo entra, porque o guitarrista para de tocar o riff e isso era o que estava segurando tudo. Você não vai ouvir uma música do Motörhead cair aos pedaços enquanto trio.”

O frontman ainda deu sua opinião sobre os baixistas “convencionais”:

“A maioria dos baixistas são uns babacas tediosos, parados no fundo de forma quase imóvel. Eu não sou assim porque eu era um guitarrista antes de ser um baixista.”

Sobre Lemmy Kilmister

Nascido em Stoke-On-Tent, Inglaterra, Ian Fraser Kilmister despontou em 1965 com o The Rockin’ Vickers. O grupo lançou três singles e se tornou a primeira banda britânica a excursionar pela Iugoslávia.

Seis anos depois se juntou ao Hawkwind. Mesmo sem experiência no baixo, assumiu o instrumento que o consagraria. Cantou no single mais bem-sucedido da banda, “Silver Machine”. Saiu em 1975.

A seguir, montou o Motörhead, que se tornaria seu grande trunfo. Na maior parte da carreira como power trio, o grupo se tornou o elo perdido do rock pesado, agradando de punks a headbangers. Foram 22 álbuns de estúdio e mais de 15 milhões de discos vendidos em todo o mundo.

Morreu em 28 de dezembro de 2015, por conta de um câncer na próstata aliado a sérias condições cardíacas. Permaneceu no palco até 17 dias antes, quando se apresentou com o Motörhead em Berlim, Alemanha.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesComo Lemmy migrou da guitarra para o baixo
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades