Os 75 melhores discos de 2023 segundo a Mojo

Publicação britânica comemorou 3 décadas de circulação este ano, fiel ao impresso e mantendo periodicidade mensal

Em um meio cada vez mais combalido como o do impresso, a revista britânica Mojo é quase uma resistência. A publicação segue saindo em formato de papel, mantendo a periodicidade mensal e contando com tiragem superior a 60 mil cópias. Um feito e tanto.

Como toda magazine que se preze, ela também está divulgando sua lista de melhores discos de 2023. Confira abaixo os 75 discos escolhidos.

- Advertisement -

Os 75 melhores discos de 2023 segundo a Mojo

75. Black Bayou (Robert Finley)

74. Silver (Say She She)

73. Protect Your Light (Irreversible Entanglements)

72. Valley Of Heart’s Delight (Margo Cilker)

71. Reflections of a Soul Dimension (Edgar Jones)

70. O Yinne! (Alogte Oho and his Sounds of Joy)

69. Tracey Denim (Bar Italia)

68. Billy Valentine and The Universal Truth (Billy Valentine & The Universal Truth)

67. Mélusine (Cécile McLorin Salvant)

66. Eat the Worm (Jonathan Wilson)

65. End of World (Public Image Ltd.)

64. Everything Harmony (The Lemon Twigs)

63. The Land Is Inhospitable and So Are We (Mitski)

62. Angels & Queens (Gabriels)

61. Being (Baaba Maal)

60. Every Loser (Iggy Pop)

59. Hit Parade (Róisín Murphy)

58. Oh Me Oh My (Lonnie Holley)

57. Weathervanes (Jason Isbell and The 400 Unit)

56. The Age of Pleasure (Janelle Monáe)

55. Sundown (Eddie Chacon)

54. Jelly Road (Blake Mills)

53. Space Heavy (King Krule)

52. Angel Numbers (Hamish Hawk)

51. Curyman (Rogê)

50. The Window Is The Dream (Jana Horn)

49. Intercepted Message (Osees)

48. The Feminine Divine (Dexys)

47. Isn’t It Now? (Animal Collective)

46. Pieces of Treasure (Rickie Lee Jones)

45. Blómi (Susanne Sundfør)

44. Defiance Part 1 (Ian Hunter)

43. Animals (Kassa Overall)

42. On Pain (Lloyd Cole)

41. I Play My Bass Loud (Gina Birch)

40. Dead Meat (The Tubs)

Leia também:  Brian May lista seus guitarristas favoritos e escolhe só nomes mais jovens que ele

39. everything is alive (Slowdive)

38. Turn the Car Around (Gaz Coombes)

37. UK Grim (Sleaford Mods)

36. Archangel Hill (Shirley Collins)

35. Memento Mori (Depeche Mode)

34. Black Rainbows (Corinne Bailey Rae)

33. Joan Of All (Sarabeth Tucek)

32. Jump On It (Bill Orcutt)

31. Javelin (Sufjan Stevens)

30. The Girl Is Crying in Her Latte (Sparks)

29. Cacti (Billy Nomates)

28. London Ko (Fatoumata Diawara)

27. Pop-Up! Ker-Ching! and the Possibilities of Modern Shopping (Mozart Estate)

26. My Back Was a Bridge for You to Cross (Anohni and the Johnsons)

25. This Stupid World (Yo La Tengo)

24. All Of This Is Chance (Lisa O’Neill)

23. Nothing Lasts Forever (Teenage Fanclub)

22. Mercy (John Cale)

21. Maps (Billy Woods & Kenny Segal)

20. Relentless (The Pretenders)

19. Council Skies (Noel Gallagher’s High Flying Birds)

18. Imagine This Is a High Dimensional Space of All Possibilities (James Holden)

17. the record (boygenius)

16. Love in Exile (Arooj Aftab, Vijay Iyer, and Shahzad Ismaily)

15. The Last Rotation Of Earth (BC Camplight)

14. Chaos For The Fly (Grian Chatten)

13. Travel (The Necks)

12. Sea of Mirrors (The Coral)

11. Cousin (Wilco)

10. The Greater Wings (Julie Byrne)

9. Fuse (Everything but the Girl)

8. Seven Psalms (Paul Simon)

7. Fly or Die Fly or Die Fly or Die ((world war)) (Jaimie Branch)

6. Did You Know That There’s a Tunnel Under Ocean Blvd (Lana Del Rey)

5. Heavy Heavy (Young Fathers)

4. The Candle And The Flame (Robert Forster)

3. False Lankum (Lankum)

2. I Inside the Old Year Dying (PJ Harvey)

1. The Ballad of Darren (Blur)

Sobre a revista

Publicada pela primeira vez em outubro de 1993, a Mojo surgiu com o objetivo de cobrir o cenário pop com foco na faixa etária de leitores entre 30 e 45 anos. Atualmente é administrada pelo Bauer Media Group – que também comanda o Kerrang! – e tem circulação mensal.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioListasOs 75 melhores discos de 2023 segundo a Mojo
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades