A compreensiva opinião de Scott Ian (Anthrax) sobre faixas pré-gravadas em shows

Para o guitarrista, um assumido Kissmaníaco, o importante é que o espetáculo seja bom, independente dos recursos necessários para tal

Nos últimos tempos, o canal do YouTube chamado Syncin’ Stanley tem realizado quase uma cruzada moralista visando crucificar moralmente artistas que usam bases pré-gravadas em shows. O nome não é por acaso, já que Paul Stanley tem sido flagrado várias vezes se valendo do recurso em turnês recentes do Kiss.

Porém, nem todo mundo cai na pilha e sai atirando pedras. É o caso de um reconhecido Kissmaníaco, que deu seu depoimento – transcrito pelo Blabbermouth. Scott Ian, guitarrista do Anthrax, não se mostrou contrário à prática. E explicou:

“Obviamente, estou ciente de que isso é algo que está acontecendo hoje em dia. Especialmente agora que a tecnologia tornou possível fazer esse tipo de coisa. Minha opinião é que eu realmente não me importo. Não me interessa o que outros artistas ou bandas usam para fazer seus shows acontecerem. Nunca foi tão difícil como hoje em dia. Assim, considero válido tudo o que for preciso. Faz parte do espetáculo. É apenas uma nova tecnologia que as pessoas ainda não estão aceitando.”

- Advertisement -

Para o músico, se o público pode fazer alguma coisa contra, é apenas tomar a atitude de não investir seu dinheiro em um show onde saiba que isso acontecerá.

“Sério, quem se importa? Você sabe o que eu quero dizer? Se é algo que você não gosta, então você tem a escolha. Como consumidor, você tem a opção de gastar seu dinheiro ou não. E, realmente, é disso que se trata. De minha parte, honestamente, eu não me importo.”

A seguir, Scott aproveitou para comentar outro novo recurso que vem despertando – talvez até mais – polêmica.

“Ontem eu ouvi online uma versão AI de Bon Scott cantando ‘You Shook Me All Night Long’. Causou-me arrepios. E de um jeito bom. Então, tanto faz. Eu amo esse tipo de coisa. Tenho certeza de que se houvesse outras coisas de IA que eu ouvi, provavelmente teria uma opinião diferente sobre isso. No fim das contas, tudo se resume ao que é e como isso mexe com você.”

Anthrax atualmente

Recentemente, o Anthrax encerrou sua turnê comemorativa de 40 anos de carreira. Nos próximos meses a banda se dedicará à gravação do próximo álbum. Ele sucederá “For All Kings”, lançado em 2016.

Leia também:  Roger Waters diz que Bono é “um m#rda” por apoiar Israel

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasA compreensiva opinião de Scott Ian (Anthrax) sobre faixas pré-gravadas em shows
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades